Amadora Atribui Prémio José Afonso 2015 aos Oquestrada 

oquestrada-13Atlantic Beat /Mad’in Portugal, dos Oquestrada, foi o álbum vencedor do Prémio José Afonso 2015, atribuído pela Câmara Municipal da Amadora.

A atribuição do prémio foi decidida após uma análise de uma lista de dez álbuns publicados em 2014, selecionados de entre dezenas de discos e que se integravam nas premissas do prémio. Entre os dez álbuns seleccionados estavam também Amélia com versos de Amália de Amélia Muge e Rua da Emenda, de António Zambujo.

O álbum dos Oquestrada foi escolhido como vencedor devido à sua grande qualidade, originalidade, irreverência, cuidada produção das músicas e devido à performance do grupo, justificou o júri. O Prémio José Afonso foi instituído em 1988 em homenagem a Zeca Afonso, um prémio que visa incentivar a criação musical de raiz portuguesa mas também fomentar o turismo e a cultura na cidade da Amadora.

O júri era composto pelo vereador da cultura da Câmara da Amadora, António Moreira, pela pianista Olga Prats, pelo compositor Sérgio Azevedo e pela chefe da divisão de Intervenção Cultural da Câmara, Vanda Santos.

Texto de Ana Rita Santos
Foto de António Martins – Arquivo C&H

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.