Prado De Fundo No Teatro Da Politécnica Em Lisboa

Prado Fundo, um espetáculo do coletivo SillySeason, a partir de O Cerejal de Anton Tchekhov, estará em cena de 15 a 25 junho no Teatro da Politécnica, Lisboa, apresentando-se de seguida a 2 julho no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém.

Em Prado de Fundo, lançam-se num olhar sobre a fotografia, pesquisando a sua relação com o teatro. O objetivo é questionar a infalibilidade da memória e da documentação no ato teatral. O Cerejal de Tchekhov entra como um dos múltiplos pontos de partida que servem a ideia comum de memória. Não se faz, portanto, uma recriação do clássico russo, mas antes o que ele sugere: um retrato do presente a partir das vivências do passado.

O Cerejal já só existe nas recordações das personagens que o habitaram. No texto de Tchekhov, é através das palavras que o passado ganha vida. Em Prado de Fundo, é o próprio dispositivo fotográfico que se testa. A fotografia transforma-se, então, no elemento central do espetáculo, representativo apaziguador que prova, desesperadamente, a veracidade dos eventos vividos.

O espetáculo estreou na Mala Voadora, no Porto a 9 de abril deste ano.

Para ver de 15 a 25 de junho, no Teatro da Politécnica, às terças e quartas pelas 19h00 e de quinta a sábado pelas 21h00; e no Teatro Sá da Bandeira, sábado dia 2 de julho pelas 21h30. Os bilhetes vão estar à venda nos locais.

 

 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.