Portugal 1968 Para Ver Em Vila Real

O Teatro Municipal de Vila Real acolhe até 3 de novembro, a mostra Portugal 1968, do fotógrafo norte-americano Neal Slavin, a partir de obras da Coleção Serralves.

A exposição resulta da parceria estabelecida entre a Fundação de Serralves e o Município de Vila Real.

Neal Slavin (Brooklyn, Nova Iorque, 1941) era um jovem fotógrafo quando em 1968 visitou Portugal com uma bolsa Fullbright e fotografou o país. As suas imagens, em que se percebe a influência da ‘fotografia de rua’ americana, constituem um contributo imprescindível para a compreensão da fotografia contemporânea e um documento riquíssimo para entender o país que Portugal era em finais da década de 1960, em plena “ditadura benevolente” (como a apelidaram alguns cronistas da época).
Algumas das fotografias foram expostas no Museu de Arte Antiga em Lisboa em 1968.  Mas só em 1990, no contexto da FOTOPORTO-BIENAL DE FOTOGRAFIA foi organizada uma grande exposição, PORTUGAL 1968, que apresentava o ambicioso projeto de Neal Slavin de uma forma ampla.  As suas fotografias que integram a Coleção da Fundação de Serralves serão agora apresentadas no Teatro Municipal de Vila Real, numa exposição que, cerca de 50 anos depois, continua a interrogar a imagem de Portugal.  

A mostra pode ser visitada de terça a quinta, das 14h00 às 22h00; às sextas e sábados, das  14h00 às 24h00 e aos domingos, segundas e feriados, das 14h00 às 20h00.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.