Poesia À Mesa Invade S. João Da Madeira

Chega já esta sexta-feira, dia 1 de março, a 17ª edição do Festival Literário sanjoanense Poesia à Mesa. Até ao dia 23 de março, o Poesia à Mesa, apresenta um vasto conjunto de iniciativas com o intuito máximo de “levar a poesia aos sítios improváveis do quotidiano”, como referiu o Dr. Jorge Sequeira, Presidente da Câmara de S. João da Madeira, aquando da apresentação completa do evento.

Os poetas homenageados em 2019 são Adília Lopes, Almeida Garrett, Ana Paula Inácio, Carlos Tê, Ondjaki e Sidónio Muralha e a sua poesia invadirá a cidade: dos restaurantes aos teatros, das fábricas às escolas, dos autocarros ao mercado e do centro de saúde ao centro comercial. Uma poesia “declamada, cantada, exposta, trabalhada e até pendurada na corda”.

O festival arranca no dia 1 de março, pelas 22h00, com a atuação da Lisbon Poetry Orchestra na Casa da Criatividade, um coletivo multidisciplinar formado por um núcleo de quatro músicos, que convidam outros músicos, atores e declamadores para celebrar e interpretar a poesia.

Destaque para Poesia e Jazz, com Nicolau Santos, Manuel Lourenço e Cláudia Franco, nos Paços da Cultura, no dia 16 de março, pelas 22h00; a Peregrinação Poética, este ano com Adolfo Luxúria Canibal, vocalista e fundador dos Mão Morta, no dia 22 de março, pelas 22h00, com início e fim na Biblioteca Municipal, de participação gratuita e o Serão Poético, no dia 23 de março, pelas 22h00, na Casa da Criatividade, com São José Lapa e Mestre António Chaínho.

Das diversas iniciativas em estreia nesta edição nota para “Tome um poema pela sua saúde” com a distribuição de receitas poéticas no Centro de Saúde, de 13 a 20 de março; “Poesia no Autocarro” e “Mercado de Poesia”, com a poesia a chegar pela primeira vez ao TUS e ao Mercado Municipal.

O Poesia à Mesa acolhe ainda a exposição Bibliográfica De Passagem…Pelas Antologias Poéticas e a exposição de pintura e poesia Como Um Dia de Primavera nos Olhos de um Prisioneiro, de Adão Cruz, ambas na Biblioteca Municipal; a Poesia Fora do Sítio, no Centro Comercial 8ª Avenida; o espetáculo infantil O Copo – Poesia de Entretenimento Científico, com Paulo Condessa, um dos comissários do evento, e Nuno Moura; o espetáculo infantil Entre Estrelas e Estrelinhas, de Daniel Completo e José Fanha, outro dos comissários do Poesia à Mesa; a Tertúlia de Poetas Sanjoanenses; a Poesia na Corda e as Oficinas poéticas nas escolas.

Ao longo do evento a poesia será servida à mesa com as Declamações nos Restaurantes aderentes e declamada nas fábricas com a Poesia na Fábrica.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.