Pintura de Julia López em exposição no Instituto Camões a partir de hoje

ometepecInaugura hoje, no Instituto Camões,em Lisboa, a exposição da pintora mexicana Julia López O Anjo de Ometepec.

Julia López nasceu em Ometepec, no México em 1936. De origem étnico-mestiça, descendente de negro africano e índio amuzgo, Julia começa a modelar aos 16 anos na Escola de Pintura e Escultura La Esmeralda. Cedo se converteu numa referência estética para artistas como Frida Kahlo, Diego Rivera, José Chávez Morado, Francisco Zúñiga e Manuel Rodríguez Lozano, entre muitos outros.

“A pintora Julia López pinta os seus quadros com dois sentimentos importantes: a felicidade e a melancolia. A primeira como um gigante nas imagens de flores, árvores, frutas oriundas do México. A segunda, com as jovens de rostro moreno e de olhos perdidos no tempo, vestidas com véus brancos e vermelhos iluminados. Ambas as emoções flutuam entre a luz de uma pintura natural, fervente, sincera e com prazer. A pintora Julia López pinta o México partindo da sua juventude e da sua crónica privada, mas misturando ao mesmo tempo uma realidade única: essa realidade explosiva e gloriosa, que é perante todo o México de ontem e de sempre” refere Alessandro Mozzambani em comunicado de imprensa.

A exposição é promovida pela Embaixada do México em Portugal e pode ser vista até ao próximo dia 30 de outubro. A entrada é gratuita.

Texto de Tânia Fernandes

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.