Pestana prevê entregar eco-residences em Tróia 2014

O Grupo Pestana, que se tornou o único investidor do projecto de três fases do Pestana Tróia-Eco Resort & Residences – o primeiro Eco-Resort na Península de Tróia , anunciou que o término da primeira etapa, que compreende a construção de 34 apartamentos – das quais 29 já estão vendidas –, será concluído no Verão de 21012. A próxima fase, de moradias exclusivas, deve terminar em 2014, seguindo-se a construção de um beach hotel & suites de cinco estrelas, embora vá ter a classificação de quatro.

Em plena Península de Tróia, o Pestana Tróia Eco Resort & Residences vai custar cerca de 90 milhões de euros e está localizado sobre a praia, entre o campo de golfe do Troiaresort e o empreendimento Soltróia.

Elegendo a sustentabilidade como âncora diferenciadora, este projecto é o mais recente passo do Grupo no desenvolvimento de um turismo responsável: “Seguimos uma linha de construção sustentável protegendo e preservando o ecossistema local. Temos como principais pressupostos o baixo impacto paisagístico, utilização de tecnologias construtivas de elevado grau de sustentabilidade e soluções arquitetónicas ambientalmente equilibradas”, adianta José Roquette, administrador do Grupo Pestana.

Obedecendo aos critérios que as pessoas procuram, uma casa acessível, prática e não muito grande, o responsável pelo projecto garante que a componente imobiliária do projecto Pestana Tróia-Eco Resort & Residences resume o luxo “ao enquadramento e à simplicidade”.

Com uma localização privilegiada, o Pestana Tróia Eco-Resort & Residences é um projeto exclusivo na costa de Tróia, no coração de uma Reserva Natural. Localizado num terreno de cem hectares, dos quais 50 por cento são reserva ecológica – onde não se pode construir –, que inclui uma frente de dois quilómetros de praia virgem, onde toda a construção será de baixa densidade em perfeita harmonia com a envolvente natural. Com 300 metros de extensão, o projecto prevê também que seja possível “circular a pé em todo o empreendimento”, ou então por ciclovias, prescindindo-se da utilização de automóveis.

O projeto promovido pela marca Pestana e gerido pela Sociedade Imobiliária Tróia B3 terá uma componente hoteleira e imobiliária com 82 lotes com áreas entre 1000 e os 4000 metros quadrados. Com capacidade construtiva de 200 a 300 metros de área, o projeto do Pestana Tróia Eco-Resort engloba 34 apartamentos, 43 moradias geminadas e um Aparthotel de quatro estrelas com 150 quartos (que vão estar disponíveis para comercialização, sendo possível aos proprietários optar por colocar os imóveis em exploração hoteleira, o que permitirá rentabilizar o investimento), zona comercial, zona de lazer, um Club-House para uso exclusivo dos proprietários (com piscina interior e coberta, fitness e SPA e kids club), vários equipamentos desportivos, ciclovia interna e vastos jardins.

Outra das vantagens do projeto é a sua proximidade de campos de golfe, uma vez que o resort fica apenas a cerca de dois quilómetros do Golf do Tróia Resort e a cerca de dez quilómetros dos futuros campos de Golfe da Comporta.

 Texto de Cristina Alves

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.