Pátio da Galé em Lisboa já está aberto ao público

O Pátio da Galé, inserido no conjunto arquitectónico do Terreiro do Paço foi recuperado e devolvido aos lisboetas para usufruto destes na passada sexta-feira, dia 25 de Fevereiro, depois de onze meses de obras de reabilitação, num projecto da responsabilidade do arquitecto Tiago Silva Dias e que custou cerca de 4,3 milhões de euros, co-financiados pelo Turismo de Lisboa  e pelo Turismo de Portugal.

O novo Pátio mantém a traça original com um toque de contemporaneidade e de funcionalidade, tendo por base materiais nacionais como a pedra lioz, mosaicos hidráulicos, madeiras pintadas e as paredes caiadas. Os diferentes espaços são intercomunicantes, havendo duas mezanines nas lojas.

O Pátio da Galé acolhe agora dois restaurantes – o Terreiro do Paço (que abre hoje ao público) e o Aura (do Grupo Lágrimas), uma geladaria, esplanadas, espaço para exposições e eventos, loja de promoção e merchandising de Lisboa, um Posto de Turismo, a sede do Turismo de Lisboa, o Canal Lisboa e a ModaLisboa.

Outra das grandes novidades é a instalação de uma Pousada de Portugal, em pleno centro de Lisboa, no antigo edifício do Ministério da Administração Interna e que à semelhança das outras já existentes vai ficar entregue ao grupo Pestana – Pousadas. O prazo previsto para a sua abertura é de 3 anos.

A Sala do Risco vai ser o espaço por excelência para a realização de eventos, como é o caso da Modalisboa, que vai decorrer nos próximos dias 10, 11, 12 e 13, seguindo-se uma mostra de Fado, enquanto candidato a património imaterial da humanidade pela Unesco.

Por Clara Inácio
Fotos gentilmente cedidas pelo gabinete de comunicação Turismo de Lisboa

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.