Palacete Ribeiro da Cunha ao Príncipe Real ganha nova vida e reabre como “Embaixada”

embaixadaO Palacete Ribeiro da Cunha, ao Príncipe Real em Lisboa, ganhou nova vida e reabriu como “Embaixada” no passado dia 5 de setembro.

Da responsabilidade da Eastbanc, o espaço oferece mais de uma dezena de lojas e uma área dedicada à restauração. À espera dos visitantes estão estabelecimentos dedicados à moda, design, jóias e lifestyle, entre os quais a Organii Cosmética Biológica, a Vla Records, a Moleskine, a Storytailors ou a Intemporal.

O palacete de estilo neo-árabe, que faz esquina com a Calçada da Patriarcal construído em 1857 pelo patriarca da família Ribeiro da Cunha apresenta ainda um espaço dedicado à arte e à cultura, onde podem ser admiradas exposições temporárias, como é o caso das obras de José de Guimarães que se mostram no primeiro andar do edifício.

Esta nova Embaixada, agora inaugurada, faz parte do Príncipe Real Project, iniciativa com que a Eastbanc pretende dar nova vida ao bairro lisboeta e que através da recuperação de diversos imóveis e de condições atrativas de arrendamento chamou já a esta zona da capital criadores como Nuno Gama, Alexandra Moura e Lidija Kolovrat.

Texto de Alexandra Gil

 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.