Oliveira da Serra lança 1ª Colheita – Da Apanha à Garrafa

oliveira_serra-0103De paladar marcante e sabor frutado irrepetível. Assim se define o Oliveira da Serra 1.ª Colheita 2015/2016, recentemente chegado ao mercado. Esta edição especial, que vai já no seu quarto ano consecutivo, tem origem em azeitonas colhidas ainda jovens, sendo perfeito não apenas para cozinhar mas também para apreciar com um pedaço de pão quente.

Apanhadas no início do outono, as azeitonas oriundas do maior olival de Portugal – 10 milhões de oliveiras – são depois processadas num lagar único, junto à Herdade do Marmelo, em Ferreira do Alentejo. Considerado o melhor do mundo pelo segundo ano consecutivo, o lagar encontra-se a dois passos do olival, o que permite minimizar o tempo decorrido entre a apanha dos frutos e a extração do azeite, contribuindo assim para a preservação da riqueza organolética do azeite e maximizando a sua qualidade.

A assinalar o lançamento, a marca organizou uma visita ao olival e ao lagar de Ferreira do Alentejo, na qual marcaram presença os chefes Vítor Sobral, Berílio Gomes, Justa Nobre, José Avillez, Miguel Gameiro, António Nobre, Luís Baena e Henrique Sá Pessoa.

Depois de um passeio pelo olival, durante o qual foi possível assistir à apanha mecânica, os convidados e imprensa seguiram o processo já no lagar com o descarregar das azeitonas e a fase de extração. E não houve quem resistisse ao convite de criar o seu próprio azeite, misturando a gosto, o néctar oriundo de diversas espécies de frutos.

Para terminar a visita da melhor maneira nada como apreciar o Oliveira da Serra à mesa na companhia de pratos de robalo, bacalhau e borrego e uma generosa fatia de pudim de azeite, preparados pelo chefe Vítor Sobral.

Alvo de uma campanha de comunicação multimeios, digital e ativação de rua, o Oliveira da Serra 1.ª Colheita 2015/2016 encontra-se já à venda nas lojas habituais a um PVP recomendado de 3,74 euros.

Reportagem de Alexandra Gil

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.