O Passado Moçambicano Invocado em Choriro

choriroChoriro, ou o Retrato de Um Povo, da autoria de Ungulani Ba Ka Khosa e editado entre nós pela Sextante Editora, aborda a história do rei branco Nhabezi, do vale do Zambeze, narrada por um dos mais importantes escritores moçambicanos da atualidade.

Baseado em factos reais, neste livro o escritor apresenta-nos um retrato importante do vale do Zambeze no século XIX, representativo da identidade moçambicana, antes do surgimento do colonialismo mercantil. Em destaque está o reinado de Nhabezi, ou Luís António Gregódio, um líder carismático que marcou a História de Moçambique.

Ungulani Ba Ka Khosa, nome tsonga (grupo étnico do sul de Moçambique) de Francisco Esaú Cossa, nasceu a 1 de Agosto de 1957, em Inhaminga, província de Sofala. Exerce atualmente as funções de diretor do Instituto Nacional do Livro e do Disco e é secretário-geral da Associação dos Escritores Moçambicanos. Vai estar brevemente em Portugal para participar na 85ª Feira do Livro de Lisboa.

Choriro, é uma edição Sextante Editora, contêm 168 páginas e está à venda por 13,30 euros.

Texto de Teresa Leal

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.