O Melhor De Mariza Já Chegou

Reportagem de Madalena Travisco (Texto) e Joice Fernandes (Fotos)

Boa noite Lisboa! [boooa nooooooite e aplausos]. Que bom, que bom, que bom voltar a rever-vos … Já tinha saudades… foram as primeiras palavras de Mariza no concerto de apresentação do sétimo álbum de estúdio no Coliseu de Lisboa na noite de 1 de junho. “Sintam-se em casa; cantem se vos apetecer e espero que tenham uma noite muito, muito agradável”.

E se foi. Intercalando respirações suspensas e entusiásticos aplausos, às vezes com gritos de “Ai fadista!”, o público esteve preso do princípio ao fim, na mistura dos clássicos com os modernos, entre os temas mais que consagrados e os temas do novo trabalho – Mariza – tantos deles clássicos revisitados, outros novos, um da autoria da própria e o novo single que começa assim:

Que mais tem de acontecer no mundo/Para inverter o teu coração pra mim/Que quantidade de lágrimas devo deixar cair/Que Flor tem que nascer/Para ganhar o teu amor(…).

Da “Loucura” até ao “Ó Gente da Minha Terra” já no encore, houve, entre outros, “Sou”, “Meu Fado Meu”, “O Tempo Não Pára”, “Quem Me Dera”, “Oração”, “O Melhor de Mim”, “Chuva”, “Barco Negro”, “Trigueirinha”, “Amor Perfeito”, “Verde Limão”, “É Mentira”, “Rosa Branca”, “Primavera”.

Na reta final [ooooooh!] Mariza reapresentou os músicos que com ela partilham os palcos e o mundo: João Frade no acordeão, Pedro Jóia na guitarra acústica, José Manuel Neto na guitarra portuguesa, Yanni Aloelela no baixo e Vicky Marques nas percussões.

Em “É Mentira” Mariza referiu o privilégio de ter tido a querida Maria da Fé – presente na primeira fila – quando voltou a cantar fado mas a surpresa maior foi quando Mariza desceu do palco no “Fado Errado” e Maria da Fé também (en)cantou:

Assim que te escolhi, errei!/Por querer viver para ti, errei!/Calquei esta paixão/Esmaguei o coração/E se fiz bem ou não, não sei!

Muito obrigada por esta forma carinhosa com que nos receberam em casa. São quase 20 anos (…). Se vocês não me tivessem abraçado, eu não teria energia para chegar até aqui – agradeceu Mariza.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.