O Mais Belo Fim Do Mundo Novo Livro De José Eduardo Agualusa

Já está nas livrarias nacionais o novo livro de José Eduardo Agualusa, O Mais Belo Fim do Mundo, com selo Quetzal. Entre a ficção e o ensaio, o livro «divide-se entre crónicas, contos, notas diarísticas e divagações, escritos entre 2018 e 2021».

O que mudou na nossa vida, o que transformou – para o melhor e para o pior – o nosso mundo? Em O Mais Belo Fim do Mundo, os textos – anteriormente publicados na revista Visão, na Granta (edição portuguesa) e no jornal O Globo – refletem os tempos estranhos, convulsos e um tanto misteriosos que temos vivido, ao mesmo tempo que procuram lançar alguma luz sobre os dias que ainda não chegaram.
Há a memória de livros que despertam uma recordação, viagens interestelares, pastores no deserto, árvores, filmes e música, vidas de escritores, a memória da covid-19, cidades que não se esquecem, generais que não gostam de guerra, gatos, a presença de pessoas cuja vida dava para um romance, viagens que já são impossíveis, hipopótamos no mar, medos que esvoaçam como fantasmas. Sem grande preocupação de respeitar fronteiras, nesse limite entre a atualidade e o futuro, entre o passado e os tempos em que refletimos sobre ele.

O livro, de 440 páginas, está à venda por 18,80 euros.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.