O Homem que remava o Barco venceu categoria de Ficção do Gardunha Fest

oHomemqueRemavaoBarcoO Homem que Remava o Barco de Bruno Rosa, foi o vencedor do Prémio Público e do Júri, na categoria Ficção, do segundo Gardunha Fest, festival de curtas-metragens, que decorreu nos passados dia 10 e 11 de maio.

Sob a temática do Paranormal, o festival premiou também na categoria Documentário Nazaré Terra de Milagres de Pedro Santasmarinas, e em animação Paths of Light de Nelson Fernandes.

Os M is for Macho, de José Pedro Lopes, e E.N. 13, de Alexandre Leonardo foram ainda distinguidos com Menções Honrosas.

A concurso estiveram 17 filmes, com realizadores nacionais, “mas sobretudo de jovens estudantes da região da Cova da Beira, distribuídos pelas categorias de Documentário, Animação e Ficção”, que apresentar os mais diversos temas, desde zombies, a mitos rurais, lendas, medos, assombrações e extraterrestres.

O Júri foi composto por Mário Tiago Fernandes (Realizador), Carlos Fernandes (Associação Luzlinar), Dulce Gabriel (Jornalista da Rádio Cova da Beira e do Jornal do Fundão) e Andrea Ebert (Ilustradora e representante da Revista Mutante).

Texto de Catarina Delduque

 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.