O Espião que Devia Ter Morrido já chegou às livrarias nacionais

espiao_devia_ter_morrido“O Inferno existe e eu estive lá.” É com estas palavras que o agente Kasper, trabalhando para os  serviços secretos italianos,  começa a contar a sua história a Luigi Carletti.  O que o agente Kasper descobriu com a sua investigação  é demasiado importante e demasiado grave: milhões e milhões de dólares em notas de 100, impressas na Coreia do Norte!

O romance de espionagem  – O Espião que Devia Ter Morrido, da autoria de Kasper e Carletti – transporta o leitor até aos meandros  dos Serviços de Inteligência dos EUA e às suas estratégias secretas para manter, a todo o custo,  a segurança  no país. Um romance que prende o leitor do primeiro ao último parágrafo, de forma empolgante.

O livro, inspirado em factos reais, foi originalmente publicado em Itália, em 2014, e chega agora ao nosso país com a chancela da Marcador, tem 392 páginas e custa 18,50 euros.

Texto de Susana Gonçalves

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.