Nova canção portuguesa reunida em livro de João Carlos Callixto

livro_cancaoÉ a primeira vez que se reúne num livro a obra discográfica de cerca de 100 artistas que foram fundamentais para a mudança da música portuguesa nos últimos anos do Estado Novo. A obra intitula-se Canta, Amigo, Canta – Nova Canção Portuguesa (1960-1974) e é um trabalho de João Carlos Callixto.

Neste livro reúnem-se os nomes mais conhecidos da chamada canção de protesto, como José Afonso, Adriano Correia de Oliveira, Luís Cília, José Mário Branco, Manuel Freire, Fausto, Francisco Fanhais, José Jorge Letria, Carlos Alberto Moniz ou Sérgio Godinho, e os renovadores da canção ligeira, como Paulo de Carvalho, Fernando Tordo ou Carlos Mendes, passando por uma série de cantores e grupos hoje menos divulgados mas que foram importantes na época.

Tendo como pano de fundo um trabalho investigação inédito, a obra dá a conhecer um período chave da nossa história, visto pelo prisma musical. Os discos e músicos são apresentados por ordem alfabética ao longo de 240 páginas ilustradas contribuindo assim para a materialização dos movimentos e das tendências musicais e culturais da época.

O livro é editado pela Âncora Editora, com o apoio da SPA (Sociedade Portuguesa de Autores) e da Antena 1.

Texto de Teresa Leal

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.