Noite de Natal das manhãs da Comercial

xmas_comercial01Reportagem de Madalena Travisco e Joice Fernandes

Ontem à noite, o MEO ARENA em Lisboa encheu-se de alegria, num espetáculo de Natal diferente, entre a música e o bom humor, a que os ouvintes da Rádio Comercial já se habituaram com a equipa das manhãs.
O anúncio do Christmas in the Night, a presença em palco da equipa das manhãs da Comercial – Pedro Ribeiro, Vasco Palmeirim, Vanda Miranda e Nuno Markl –  e uma panóplia de convidados especiais foi suficiente para esgotar a sala de espetáculos da MEO Arena. A maior sala de espetáculos de Portugal, antes das nove e meia da noite, já estava composta de um público que freneticamente agitava os cilindros insufláveis promocionais das marcas apoiantes. A noite adivinhava-se divertida e colorida. Não foi por acaso que os 14000 bilhetes colocados à venda esgotaram em cinco semanas.
Depois de várias atuações de dança da Popota – a estrela de Natal do conhecido hipermercado – seguiu-se um vídeo das reações e ações da equipa quando sabe que vai acontecer este espetáculo. A agitação da sala aumenta quando entram os quatro em palco, vestidinhos a rigor – dress code a preceito – acompanhados por Ricardo Araújo Pereira na primeira canção: “Vais ver que gostas”.
E gostámos. O reportório foi vasto com a apresentação ao vivo e a cores das melhores adaptações de Vasco Palmeirim aos eventos que marcaram a sociedade portuguesa nos últimos tempos. A certa altura, Pedro Ribeiro dizia: “Vocês não imaginam o que é que é estar aqui no palco. Isto é só um programa de rádio…. e ter o MEO Arena cheio! É incrível!”
Momentos altos com a canção “Menino deu à sola”, uma adaptação do original de Bonga à saída de um membro do governo. “Sintam a africanalidade que têm em vocês. Vamos a isto?” desafiava Vasco Palmeirim. E continuando com África, o primeiro convidado especial Matias Damásio entoou com veemência e alegria uma letra desconcertante de devolver a mão da filha aos pais: ”Vim devolver”. Seguiu-se Sérgio Rosado dos Anjos num tributo à renovação de um treinador de um clube que ainda tem dói-dói em “Ficarei”. Momentos houve em que pavilhão pareceu o planetário com as lanternas dos telemóveis a fazer a vez das estrelas. David Fonseca veio acompanhar uma canção que foi como a noite: “Ispantosa!”

Este slideshow necessita de JavaScript.

Tempo também para os meninos das manhãs serem surpreendidos com uma homenagem à equipa da Comercial com a presença de João Só, Mafalda Veiga, Tiago Bettencourt, Heber e Zé Diogo Quintela. Uma nova balada nasceu: “É a equipa das manhãs/ da rádio comercial/ qu’este povo todo içou/ para o poleiro nacional”.
Houve mais atuações de convidados especiais: António Manuel Ribeiro nos “Cavalos na comida”, Ana Moura a repor a compostura no público com o “Fado o nome da criança 2.0” depois da versão quase original ter sido coreografada com o tradicional comboinho (quase comboião) que se iniciou com o “Sai o Paulo, entra o Paulo”.
Mais momentos desconcertantes – de quase ir às lágrimas – com o desdém de Bruno Nogueira às gordas que usam leggins e uma interpretação séria do clássico “Garagem da vizinha” bem como de um revival da “Mixórdia de temáticas” com Ricardo Araújo Pereira a recordar as célebres promoções de um dia primeiro de maio. A esse propósito, Miguel Araújo acompanhou o “Anda comigo ver as promoções”.
Como era uma festa de natal, não podiam deixar de cantar a canção de Natal 2013 da Comercial, com que toda a equipa da rádio e convidados encerraram este divertido concerto.
Ho, Ho, Ho!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.