Natal 2016: À Mesa Em Casa

Se vai passar a noite de 24 e o dia 25 em casa e procura um vinho especial para as refeições ou um doce para rematar, nós deixamos lhe aqui algumas ideias, que se pretendem acima de tudo acessíveis e saborosas.

Para além dos habituais pratos da consoada e do almoço de Natal há que pensar nos vinhos para acompanhar, começamos a nossa sugestão com o cunho de referência Eugénio de Almeida e Herdade da Cartuxa, no Alentejo.

vinhosUma referência é sem dúvida alguma um Pêra-Manca Branco 2014.Este é um vinho alentejano que acaba de chegar ao mercado, há mesmo a forte possibilidade de nenhum dos seus convidados o ter provado ainda. Pêra- Manca é a marca que a adega cartuxa destina aos vinhos de excepção. Produzido a partir de uma cuidada selecção de castas Antão Vaz e Arinto,  seguiu-se o descanso sobre as borras finas durante 1 ano após o qual teve lugar o  estágio já engarrafado nas caves da adega da Cartuxa durante 9 meses. Se procura um vinho com um aroma complexo e um paladar fresco e equilibrado, este é o vinho que tem que estar na sua mesa de Natal à venda por 29,90 euros.
Nos tintos destacamos o Cartuxa Tinto Reserva 2013. Esta é a  aposta premium da gama EA. Este tinto encorpado foi  conseguido após  a minuciosa escolha das castas Alicante, Bouschet e Aragonez. Estagiou 15 meses em cuba de carvalho francês e 15 meses em garrafa.
Se é fã de vinhos biológicos, pode então optar pelo EA Biológico. Branco ou tinto trazem o selo de qualidade da adega Cartuxa, mostrando que há o interesse de produzir vinho de forma mais amiga do ambiente. Dispensando o uso de todos os produtos poluentes, estes vinhos são inovadores e ousados.
duorumDa João Portugal Ramos, sugerimos os Duorum Colheita. Um vinho que marca presença nos rankings nacionais e internacionais das mais famosas revistas do tema. Segundo os especialistas é o vinho ideal para dias frios de inverno. É um vinho encorpado com acidez equilibrada, à venda por 9,99 euros.
jpr-rose-001Para rematar ou acompanhar a refeição recomendamos o fresco e surpreendente Marquês de Borba DOC Espumante Rosé. Com um aspeto límpido, com bolha fina e persistente, e um aroma complexo com notas de citrinos e biscoitos. Na boca revela elegância e frescura, com um final seco e longo, que no conjunto se traduz harmonioso. Oriundo do Alentejo é composto pelas castas Pinot Noir, Touriga Nacional, Aragonez.
azeiteE é desta marca que escolhemos o azeite que vamos servir à mesa, o Oliveira Ramos Premium 2015. Um azeite complexo, fresco, equilibrado, bastante frutado de azeitonas, fundamentalmente verdes, com notas marcadas de verde folha de oliveira, erva e casca de banana verde, e notas suaves de maçã, ligeira a medianamente amargo, ligeiramente picante, com um final de boca persistente, marcado de frutos secos, oriundo da região de Estremoz, com azeitonas Cultivares, Cobrançosa, Picual e Galega. À venda por 8,99 euros.

pantagruelPara rematar a refeição, e a pensar nos mais gulosos que gostam de algo diferente dos tradicionais doces de Natal, uma mousse de chocolate, com sabor a cappuccino, feita com Chocolate Pantagruel, marca tradicional da Imperial. Uma edição exclusiva comercializada apenas até ao fim do inverno, e que consiste numa tablete de 200 gramas, à venda por 2,29 euros.

Bom proveito e Boas Festas!

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.