Nasceu a RNL – Editora Para Promover a Música Portuguesa

lancamento_rnlAté Deus Gosta de Fado, de José Gonçalez, é o primeiro CD da nova editora RNL – Música, que foi apresentada ao público esta noite. A editora, fundada em parceria por Luís Montez, Jorge Fernando e José Gonçalez e com o apoio da Sonic Music destina-se a apoiar e divulgar fadistas portugueses, tendo por missão produzir música a baixo preço, apostando assim numa boa promoção para fazer a música chegar ao maior número possível de possíveis compradores.

Este CD, conta com a participação de Rão Kyão, Padre Zezinho, Frei Hermano da Câmara, Pedro Homem de Melo, José Gonçalez, Aledaide Vilar, Cesareo Gabarin, Valentim Moya, Tó Moliças, “Carlos Paião”, Jorge Fernando e António Macedo.

De acordo com Jorge Fernando, mentor do projecto, “há vozes que se estão a perder por falta de espaço”. Esta nova editora surge assim para apoiar as novas vozes que acabam por não ter uma oportunidade de carreira, explicou o artista aquando a apresentação à imprensa.

 

A RNL – Música, pretende editar cerca de 4 artistas por ano, mais uma colectânea com o melhor que acontecer no fado ao longo de cada ano, com os discos a custarem cerca de 10 euros. Entre os primeiros lançamentos previstos incluem-se para além do álbum celebrativo dos 25 anos de carreira de José Gonçalez, os novo trabalhos de Diogo Rocha e Filipa Cardoso, e ainda o novo trabalho discográfico de Jorge Fernando.

Para ajudar à divulgação e promoção destes novos trabalhos discográficos, Luís Montez, conta com o suporte das rádios Amália e Festival, e ainda com os Festivais Caixa Alfama, em Lisboa, e Caixa Ribeira, no Porto, organizados Música no Coração, também empresas de Luís Montez.

A apoiar esta acção estiveram presentes FF e a Moda Mãe, de Cuba, grupo musical de Cante Alentejano, que interpretaram em conjunto algumas cantigas para gáudio de todos os presentes.

Reportagem de Teresa Leal e Duarte Fernandes (Fotos)

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.