Musical Montanha-Russa Estreia Hoje No TNDM II

Estreia hoje na na Sala Garrett do Teatro Nacional D. Maria II a peça Montanha-Russa, um musical sobre a adolescência, de Inês Barahona e Miguel Fragata e que conta ainda com a participação de Hélder Gonçalves e Manuela Azevedo (Clã).

Este é um espetáculo em que o teatro e a música disputam o palco, desafiando as convenções do “teatro musical”, como quem desafia as leis da gravidade num loop.Montanha-Russa mergulha vertiginosamente na adolescência, retirando-a dos lugares-comuns e procurando aproximá-la da dimensão da intimidade. Uma dimensão secreta, privada, interior, mas que vive no desejo de ganhar um palco onde se possa exibir. Montanha-Russa é o diário deixado em cima da mesa, o diário destilado nas redes sociais, ou o diário perigosamente transportado para o liceu: uma intimidade a gritar “leiam-me!”, uma geração a querer fazer-se ouvir, ao som da música.

A peça tem encenação de Miguel Fragata, dramaturgia Inês Barahona, , texto e letras Miguel Fragata e Inês Barahona, com música original de Hélder Gonçalves e interpretações de Anabela Almeida, Bernardo Lobo Faria, Carla Galvão, Miguel Fragata e música ao vivo com Hélder Gonçalves, Manuela Azevedo, Miguel Ferreira e Nuno Rafael. Os figurinos são da autoria de José António Tenente.

A programação paralela inclui no dia 18 de março uma “Conversa com os Artistas” após o espetáculo, com moderação de  Maria João Guardão; e no dia 23, uma noite teen friendly após o espetáculo, na qual um grupo de consultores adolescentes transformará o átrio do D. Maria II num espaço onde não faltará música para dançar.

E ainda, inserido no projeto Montanha-Russa está também o documentário Canção a Meio, realizado por Maria Remédio, que documenta todo o processo de pesquisa levado a cabo por Inês Barahona e Miguel Fragata durante mais de um ano, será apresentado no D. Maria II nos dias 11, 25 e 27 de março.

Montanha-Russa é uma coprodução TNDM II, TNSJ, Teatro Virgínia, Formiga Atómica e vai ficar em cena no TNDM II até dia 27 de março, seguindo depois em digressão para o Teatro Municipal de Portimão (a 21 de abril); Teatro Virgínia – Torres Vedras (26 de abril); Teatro de Vila Real (a 11 de maio); Centro Cultural Gil Vicente – Sardoal (a 25 de maio); Teatro Nacional São João – Porto ( de 21 de maio a 10 de junho); e Teatro Municipal Baltazar Dias – Funchal (de 30 junho a 1 julho).

Em Lisboa a peça pode ser vista às quartas às 19h00, de quinta a sábado às 21h00 e domingo às 16h00. No Dia Mundial do Teatro, 27 de março, a sessão começa às 21h00.

Os bilhetes estão à venda na bilheteira do teatro e online e custam entre 5 e 17 euros. De salientar ainda que Montanha-Russa está classificada para maiores de 12 anos.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.