A partir de hoje, 29 de setembro, o “museu sai à rua”, nas zonas do Chiado, Bairro Alto e Príncipe Real, em Lisboa. A iniciativa Coming Out. E se o Museu saísse à rua?, à semelhança do The Grand Tour desenvolvido em Londres pela National Gallery, é da responsabilidade do Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), e apresenta reproduções de 31 das suas obras-primas.

E, de acordo com o MNAA, qualquer semelhança com a realidade não é coincidência. À espera dos transeuntes estão peças em escala real, com molduras em madeira e tabelas, tal como as expostas nas salas de um museu.

Pela Lisboa antiga poderão apreciar-se, entre outros, Retrato do Rei D. Sebastião, pintado em 1571 por Cristóvão de Morais, ou Senhora das Dores, de Quentin Metsys (1511). À lista juntam-se Salomé com a cabeça de São Batista, de Lucas Cranach, o Velho (1510-1515) e Virgem com o menino e santos, da autoria de Hans Holbein, o Velho (1519).

Com este evento em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa e a HP Portugal, o Museu Nacional de Arte Antiga pretende chegar mais perto do público tanto nacional como estrangeiro na divulgação do património artístico e histórico português.

Texto de Alexandra Gil, fotografias de Tânia Fernandes (atualizado a 01.10.2015)

 

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.