Museu do Teatro Romano de Lisboa Reabriu Ao Público

Teatro Romano-9165[dropcap]O[/dropcap] Museu do Teatro Romano reabriu ao público, depois de dois anos encerrado para obras de reabilitação.

Mais moderno e com mais informação, o núcleo do Museu de Lisboa, situado no Pátio do Aljube, oferece agora uma nova exposição permanente, bem como passadiços metálicos em vários níveis, legendas explicativas das ruínas em Braille, um elevador e infra-estruturas adaptadas a pessoas com mobilidade reduzida. De destacar ainda uma bancada com peças que podem ser manuseadas livremente.

Descoberto após o terramoto de 1755, o teatro que remonta ao século I d.C. foi inaugurado em 2001, tendo entretanto as investigações e escavações arqueológicas obrigado a um funcionamento inconstante. Durante os últimos 12 anos foram desvendadas novas estruturas, entre as quais as que remontam ao século IV a.C.

Lídia Fernandes, arqueóloga coordenadora do espaço, destacou estes mesmos trabalhos durante a cerimónia de reabertura, acrescentando que assim se ficou “a conhecer muito mais a cidade antes de ser cidade”.

O Museu do Teatro Romano  foi inaugurado em 2001 e tem como objetivo dar a conhecer o que foi o Teatro da antiga cidade de Olisipo. Está instalado num edifício seiscentista, remodelado ao longo dos séculos, e engloba múltiplas áreas onde se expõem testemunhos arqueológicos desde a época do Teatro (séc. I), passando por outros vestígios que testemunham uma intensa ocupação humana do local.

O museu está aberto de terça-feira a domingo, entre as 10h00 e as 18h00, sendo a última entrada às 17h30. O custo da entrada é de dois euros, havendo desconto de 50 por cento para maiores de 65 anos, desempregados e detentores de cartão jovem. Aos domingos, a entrada é livre até às 13h00, aplicando-se ainda a, entre outros, crianças até 12 anos, estudantes e possuidores de Lisboa Card.

Texto de Alexandra Gil
Fotos CML

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.