Museu do Fado celebra segundo aniversário do Fado como Património Imaterial da Humanidade

fado_IIaniversarioCelebra-se a 27 de novembro o segundo aniversário da consagração do Fado como Património Imaterial da Humanidade. O Museu dedicado ao género musical assinala a data com entrada livre e uma programação muito especial ao longo de todo o dia.

Quem passar pelo espaço da Mouraria, entre as 15h00 e as 18h00, terá direito a visitas cantadas por Conceição Ribeiro e Pedro Galveias, não sendo também de perder o Teatro Severo entre as 17h00 e as 19h00. Ao serão, a partir das 21h30, é tempo de concerto a cargo de Ricardo Ribeiro e Raquel Tavares. A entrada para o espetáculo é livre, mas sujeita à lotação do auditório.

As celebrações prosseguem a 28 de novembro com o lançamento do livro 40 Fados, da autoria de José Luís Gordo e Arménio de Melo, que decorre às 19h00. O evento inclui a atuação de Liliana Silva e Rita Gordo (voz), João Vaz (voz e viola de fado) e Arménio de Melo (guitarra portuguesa).

Ainda a 27, o Café Luso homenageia o Fado como Património Imaterial da Humanidade com um menu especial e um espetáculo a cargo de 14 fadistas, que inclui, entre outros, D. Vicente da Câmara, Celeste Rodrigues, Hélder Moutinho ou Mafalda Arnauth. A entrada na festa tem um custo de 30 euros por pessoa e carece de reserva.

Texto de Alexandra Gil

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.