Museu De Lisboa Teatro Romano Apresenta Exposição Bordalo E A Arqueologia

O Museu de Lisboa – Teatro Romano, em colaboração com o Museu Bordalo Pinheiro, apresenta atualmente a exposição Bordalo e a Arqueologia, que estará patente até ao dia 28 de abril.

Nesta exposição apresentam-se reproduções dos desenhos realizados pelo artista Rafael Bordalo Pinheiro a propósito do IX Congresso da União internacional das Ciências Pré-históricas e Proto-Históricas que teve lugar em Lisboa, em 1880. Este acontecimento fez furor, à época, lançando Portugal como uma peça no xadrez arqueológico e científico de então.

Figuras como Possidónio da Silva, mentor da “Real Associação dos Architectos Civis e Archeologos Portugueses”, ou de Carlos Ribeiro, com a célebre questão do “Homem do Terciário”, ou ainda os contributos de investigadores como Estácio da Veiga, Martins Sarmento ou de Nery Delgado – responsável por algumas das acaloradas questões debatidas no congresso acerca do “canibalismo dos habitantes neolíticos da Gruta da Furninha” – documentam a importância desse congresso e o lugar de charneira que Portugal começava a deter quanto aos estudos antropológicos e arqueológicos.

Em 1880 vieram a Portugal algumas das mais ilustres figuras da arqueologia Pré-Histórica internacional, como Cartailhac, Henri Martin, Mortillet ou Paul Choffat.

Ocorrido entre 20 a 29 de setembro na sala da biblioteca da Academia das Ciências, teve direito a sessão solene com a presença do rei D. Luís e de seu pai D. Fernando, assim como todo o ministério, membros do corpo diplomático e deputados.

Os desenhos de Bordalo Pinheiro caricaturaram o acontecimento oferecendo um olhar verdadeiramente bordaliano sobre os arqueólogos!

A exposição pode ser vista de terça-feira a domingo, das 10h00 às 18h00, e os bilhetes custam 3 euros.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.