Museu De Lisboa Promove Festa Das Palavras, Festival De Contadores De Histórias

Decorre este fim de semana, dias 16 e 17 de novembro, a Festa das Palavras, festival de contadores de histórias. Durante dois dias, os núcleos do Museu de Lisboa serão cenário das mais diversas histórias para toda a família, lidas, encenadas e até cantadas. A entrada é livre.

A edição deste ano é dedicada à pluralidade da cidade, às convivências e à história de Lisboa.

O epicentro cultural é no Museu de Lisboa, mais precisamente nos seus núcleos Teatro Romano, Museu de Santo António, Palácio Pimenta e, este ano, também a Casa dos Bicos. Entre visitas, percursos, cantores e contadores de histórias, a programação faz-se em torno de uma “Lisboa onde os muçulmanos conviveram com judeus e cristãos, a cidade plural quinhentista, onde conviviam muitas nacionalidades e muitas origens diferentes”.

As festividades começam no sábado, dia 16, às 15h30, com histórias do Santo António. À tarde, às 18h00, há fados e contos – Sant’Antoninho, menino de Lisboa, com Ana Sofia Paiva a dar voz e Marco Oliveira na guitarra clássica. Ambas as atividades acontecem no Museu de Santo António.

No Teatro Romano, às 14h30, discutem-se Histórias com Intervenção e às 17h00 há Histórias de Olisipo, sobre a cidade do tempo do Teatro Romano. Nesse dia, a Casa dos Bicos terá uma visita orientada, às 15h30, que o leva numa viagem pela história do espaço.

No domingo, dia 17, a Festa das Palavras começa às 11h00 no Palácio Pimenta com Miguel Horta a narrar Histórias Mediadas com sabor a África. A partir das 17h00. o escritor Domingos Amaral assume as rédeas das histórias sobre a fundação de Portugal.

No Pavilhão Preto, há uma oficina para famílias, às 11h00, sobre o puzzle que é Lisboa ao nível da multiculturalidade, sendo que mais tarde há uma visita orientada à exposição Convivência(s). Lisboa Plural 1147 – 1910. No jardim do Palácio Pimenta, a festa continua com uma atividade para os mais pequenos com a contadora de histórias Elsa Serra (12h00; 14h30).

O programa completo pode ser visto aqui.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.