Museu De Lamas Celebra Festa Das Fogaceiras

Para assinalar a Festa das Fogaceiras, o Museu de Lamas promove uma série de atividades lúdicas, com visitas orientadas e oficinas de expressão plástica.

Assim, diariamente, o Museu de Lamas propõe uma visita orientada ao núcleo temático, sob o mote “São Sebastião: O Voto – A Identidade – A Arte”

Território de crenças, votos e devoções fervorosas, a “Terra de Santa Maria” subsistiu no tempo e no espaço, demarcando-se no plano nacional pela sua Identidade. Amplamente fustigada no decurso da sua História, foi na união de um “voto coletivo” que os santamarianos eliminaram as adversidades e moldaram parte dos princípios da sua prosperidade e subsistência. Assim, foi a partir do emblemático Castelo de Santa Maria da Feira que se incrementou e expandiu todo um culto peculiar, o das “Fogaceiras”. Um tributo repelente de “fomes, pestes e guerras” dedicado ao “Primeiro Martírio de São Sebastião”, celebrado, de forma oficial, a cada dia 20 de janeiro desde 1505 – embora nos seus antípodas, esta religiosidade beneficie de vestígios de prevalência local no remoto séc. XII. Pela abrangência, este Voto contribuiu decisivamente para a definição de uma marca patrimonial, artística, devocional e gastronómica de Santa Maria da Feira

Até ao dia 29 de janeiro, o Museu propõe uma visita e uma oficina de expressão plástica “Fogaça ou Fogaceira?!”, cumprindo “a tradição do voto sebastiano através da elaboração de Fogaças com recurso à sobreposição de camadas de aglomerado de cortiça. Ou, em alternativa, modelar e decorar “Meninas Fogaceiras” sob a forma de marcador de livro ou magnético.”

Nota ainda para a visita e oficina de expressão plástica “A minha família vai ao Museu! E a tua?! – Especial Festa das Fogaceiras”, no dia 17 de janeiro, às 15h30, com construção de marcadores de livros/magnéticos com a figura das “Meninas Fogaceiras” como motivo principal.

As atividades têm um custo de 3 euros e têm marcação prévia obrigatória

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.