Museu de Évora promove 2ª edição de Nove 5ªs de Cinema no Museu

O Museu de Évora promove a 2ª edição do ciclo  Nove 5.ªs de Cinenove_5as_cinema_cartaz_jpgma no Museu, que promove até 28 de agosto sessões de cinema no claustro.

Todas as quintas-feiras, o claustro do museu vai ser o recinto onde se vão realizar um total de nove sessões de cinema documental.

Rasgar o Céu, de Horácio Alcalá, foi o filme que abriu o ciclo, seguindo-se Guerra e Paz, de Rui Simões, no dia 10 e que fala sobre jovens portugueses que se recusaram a participar nas guerras nas ex-colónias.

Outro documentário de Rui Simões, Ole António Ole, sobre a vida e obra do artista plástico angolano António Ole será passado no dia 17.

Dia 24 de julho passa Quatro, de João Botelho, sobre os artistas Francisco e Pedro Tropa e Jorge e João Queiroz, e dia 31, De Armas e Bagagems de Ana Delgado Martins, sobre a saída de Angola de diversos portugueses entre 1974 e 1976.

Batafá Filme Clube, de Silas Tiny, sobre do cinema da cidade de Bafatá, Guiné-Bissau, passa dia 7 de agosto, e Far From Home Movie, de José Barahoan e Carolina Dias, passa no dia 14, apresentando um diário cinematográfico sobre uma viagem entre Katmandu, Nepal, e o deserto de Thar, Índia.

Dia 21 de agosto, passa o documentário Campo de Flamingos sem Flamingos de André Príncipe, numa viagem pelas fronteiras portuguesas e no dia 28, o evento encerra com Lacrau, de João Vladimiro, numa viagem da cidade à natureza.

Texto de Catarina Delduque

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.