Museu da Marioneta com espetáculos variados e ateliers no mês de Novembro

MUSEUMARIONETA1A programação do Museu da Marioneta para o mês de novembro apresenta como habitualmente atividades variadas levadas a cabo por companhias nacionais e estrangeiras.

O Teatro de Marionetas Minomushi, oriundo do Japão, apresenta nos dias 2 e 3 de novembro, três pequenas histórias numa única sessão: “Os Pardais das línguas cortadas”, “A Dança do Leão” e “Um Homem de Fato e Gravata”, que utilizam a técnica Ito-Ayatsuri. Esta  é uma arte tradicional japonesa que designa a técnica de marionetas de fio. Ito significa fio, ayatsuri manipulação.

As sessões realizam-se no dia 2 de novembro, às 16h00 e no dia 3 às 11h30.

De 7 a 10 de novembro tem lugar o espetáculo Gigante, pelo Teatro de Montemuro e The Fetch, com autoria e co-encenaçãode Paulo Duarte, e destinado a crianças maiores de 6 anos.

Um avô só e sem forças para lutar. Afastado das gentes deste local, vê -se agora com uma criança nos seus braços para cuidar, educar, ajudar a crescer.
Uma criança que vive num outro universo. Um universo de traquinices, onde tudo é possível, onde tudo é diferente da realidade. Uma criança que procura ainda a sua identidade.
Afetos, relações, educação, respeito pelos outros e pela vida, são a essência desta história, que nos leva para lá do real, onde não necessitamos de palavras mas sim de actos para a vivermos.

Gigante realiza uma sessão para as escolas nos dias 7 e 8 de novembro, às 10h30, e o bilhete custa 3 euros.

Para o público em geral, as sessões decorrem no sábado dia 9 de novembro às 16h00, e no domingo dia, às 11h30.

Adormecida é o espetáculo preparado pelo Teatro de Marionetas de Mandrágora, que decorre entre 15 e 17 de novembro, e que utiliza a lã como matéria prima. O espetáculo, todo ele simbólico, fala de duas fiandeiras aprisionadas pelo seu trabalho. Isoladas, escondidas do mundo exterior, inventaram para elas um mundo próprio. Entre o desejo de partir e o medo, encontramos um mundo inventado cheio de criaturas que a lã permite imaginar e criar.

A sessão para as escolas tem lugar no dia 15 de novembro, às 10h30. No dia 16  às 16h00, e no dia 17 às 11.30h realizam-se as sessões para o público em geral.

Para além dos espetáculos de Teatro, o Museu da Marioneta organiza um Workshop de Construção de Marionetas, “Olhapins e Olharapos”, orientado pela formadora Clara Ribeiro, do Teatro e Marionetas de Mandrágora, e destinado a famílias de um adulto e uma criança com mais de 4 anos. O workshop realiza-se no dia 16 de novembro, das 10h30 às 13h00, e os bilhetes custam 7 euros.

Os Olhapins são criaturas muito pequenas com 4 olhos, pois olham para todo lado, muito diferentes dos Olharapos, que são criaturas muito grandes, mas apenas com um olho, e que não olham para lado nenhum.

“Será que voam por cima dos bosques? Será que espreitam no escuro? Será quem tem olhos de mil cores?”

Inspirado nas lendas e contos do folclore popular português, o workshop pretende criar marionetas fantásticas, umas maravilhosas, outras monstruosas.

De 21 a 24 de novembro é apresentado o espetáculo “ETC…”, pela S.A. Marionetas – Teatro & Bonecos, que nos conta “pequenas histórias de um lugar onde os seus habitantes vivem as mais variadas peripécias. A inocência das acções resulta em momentos de humor vividos pelas personagens esculpidas em esponja. Destinado a crianças maiores de 4 anos, ETC… tem sessões marcadas nos dias 21 e 22 de novembro, às 10h30, para as escolas, e nos dias 23 de novembro (16h00 e 21h30) e 24 de novembro (11h30).

Para além desta atividade, realiza-se também no dia 24 de Novembro, das 10h30 às 13h00 um atelier para famílias intitulado “A Família Castanha”, para um adulto e uma criança maior de 6 anos. Nesta manhã criativa alusiva ao magusto, as famílias vão poder criar várias personagens a partir de castanhas e contar uma história. O preço deste atelier é de 6 euros.

No final do mês, de 28 de novembro a 1 de dezembro, tem lugar Cozinheiras de Livros, pela companhia Valdevinos, que nos leva numa aventura fantástica pelo mundo dos livros.

Algo de muito estranho se estava passar com os livros e a cidade estava em alvoroço. Seria a crise? Ninguém sabia a resposta, mas a verdade é que não havia livros novos… As pessoas já não sabiam o que mais podiam fazer na esperança de novas aventuras, até já tinham lido todos os nossos livros de trás para a frente, de baixo para cima e até de pernas para o ar… Mas nada resultava. O que teria acontecido à fábrica dos livros?

As sessões para as escolas decorrem nos dias 7 e 8 de novembro, às 10h30. As sessões para o público em geral decorrem nos dias 9 de novembro, às 16h00, e no dIa 10 de novembro, às 11h30.

Os bilhetes para todos os espetáculos (exceto workshops) , salvo indicação expressa, destinam-se a crianças maiores de 6 anos e os bilhetes custam 5 euros (para crianças e estudantes até aos 25 anos) e 7,5 euros. Para a sessões destinadas às escolas, o preço dos bilhetes é de 3 euros.

Texto de Susana Sena Lopes

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.