Museografia Da Igreja De Santa Maria Do Castelo Aberta Ao Público

Foi inaugurada no dia 14 de junho, a nova museografia da Igreja de Santa Maria do Castelo, após uma intervenção para valorização do edifício, que é monumento nacional, e do património integrado no seu interior.

«A Igreja de Santa Maria do Castelo é um fator distintivo do Castelo da cidade, integrando o Panteão dos Almeida, que abriga vários túmulos, entre os quais os dos Condes de Abrantes (sécs. XV e XVI), sendo que os mais belos são em estilo gótico florido flamejante; uma estrutura retabular quinhentista; azulejos híspano-mouriscos e exemplares de frescos ou pinturas murais, que datarão do século XVI.

O Panteão integrará a rede de Museus de Abrantes, em constituição, que inclui o Museu MDF – Metalúrgica Duarte Ferreira, em Tramagal, – Prémio Museu do Ano em 2018, atribuído pela APOM -, o MIAA – Museu Ibérico de Arqueologia e Arte, que se encontra em fase de instalação no Convento de São Domingos, e, mais tarde, o MAC – Museu de Arte Contemporânea que nascerá no mítico Edifício Carneiro e ainda o Quartel da Arte Contemporânea.»

A Igreja pode ser visitada de terça-feira a domingo, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.