#MONSTRAemCASA Online E Na TV

Até dia 31 de maio, a 20ª edição do MONSTRA apresenta 169 filmes de animação, com competições de curtas metragens em quatro categorias.

O ciclo de masterclasses começou hoje, dia 25 de maio com Arnaldo Galvão, realizador e produtor brasileiro quefalou sobre os 100 anos da animação brasileira; no dia 26 de maio Christophe Héral, compositor francês vai falar do seu trabalho no último filme de Jean François Laguionie, Le Voyage du Prince; no dia seguinte Burak Sahin, professor e realizador turco; na quinta-feira, dia 28 maio “A animação como uma forma de pensar e educar”; Eduard Puertas Anfruns, realizador espanhol vai falar de “O stop motion fácil”; o realizador alemão Raimund Krumme no dia 29 de maio vai falar sobre”O desenho e o espaço no cinema de animação”; e a fechar este ciclo formativo, no dia 30 de maio o ator e professor norte-americano Ed Hooks, vai falar sobre o acting na animação.

Segundo Fernando Galrito, diretor artístico do festival, “MONSTRA EM CASA é uma partilha, um encontro, um festival de cinema de animação que decorre na casa de todos. É uma outra forma de comemorarmos os nossos 20 anos e de levarmos a todos os mais recentes e os melhores filmes de animação do Mundo.
Esta é a primeira parte de um festival que pretendemos que possa decorrer nas salas de cinema no final de setembro, onde, para além de todas as retrospectivas apresentaremos a competição de longas-metragens”.

O voucher custa 5 euros e dá acesso a 12 sessões competitivas do Festival (competição portuguesa, curtas-metragens, curtas de estudantes e curtíssimas), assim como a 6 masterclasses.

As competições habituais mantêm-se:

A Competição Portuguesa SPA Vasco Granja
Nesta edição vão estar 13 curtas-metragens a concurso dos melhores filmes profissionais e de estudantes de autores portugueses realizados no último ano e meio, nomeadamente: Tio Tomás – A Contabilidade dos Dias da realizadora Regina Pessoa; O Rapaz Roxo de Alexandre Siqueira; A Mãe de Sangue de Vier Nev; O Peculiar Crime do Estranho Sr. Jacinto de Bruno Caetano; Assim Mas Sem Ser Assim de Pedro Brito; Maré de Joana Rosa Bragança; Nestor de João Gonzalez; To You On The Eve Of Isolation de Óscar Ferreira; Ode à Infância da dupla João Monteiro e Luís Vital; Ødelagt de Eduarda Duarte; Catarse de Margarida Roxo Neves e Tiago Gomes; Half Love de Inês A. Rodrigues; e Cruelty Free, realizado por Tiago Xavier e Cristiane Reis.

A Competição de Curtas
Na competição de curtas-metragens, destaque para Sonhos Ilustrados de Koji Yamamura (Japão); Memorable de Bruno Collet (França); Muedra de Cesar Diaz Melendez (Espanha); Last Supper de Piotr Dumala (Polónia).

A Competição de Estudantes
Nesta secção há a destacar o filme Daughter, da realizadora Daria Kashcheeva; Gravedad de Matisse Gonzalez e Toufik Abdedaim, estudantes na Filmakademie Baden-Württemberg GmbH Animationsinstitut (Alemanha); Animals de Tue Sanggaard da escola The Animation Workshop – (Dinamarca); ou Men in a Hurry de Thibault Llonch da escola La Poudriere (França), selecionado para o festival Clermond Ferrand.

E para os mais pequenos, a sala escolhida foi a RTP2 que vai transmitir nos dias 30 e 31 de maio, entre as 8h00 e  as 13h00 os filmes da MONSTRINHA Pais e Filhos que iriam ser exibidos nesta edição do festival e também alguns de edições anteriores.

As restantes secções e retrospectivas que ficam por exibir nesta MONSTRA EM CASA vai poderser vistas no Cinema São Jorge, em setembro

Mais informações aqui.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.