MNAA apresenta exposição dedicada ao Êxtase de São Francisco de Luca Giordano

LucaGiordano_MNAA (1)Está patente ao público desde hoje, no Museu Nacional de Arte Antiga – MNAA – a mostra dedicada à pintura a óleo, Êxtase de São Francisco, pintada cerca de 1665 por de Luca Giordano, artista que viveu entre 1634 e 1705.

A exposição incide sobre o trabalho de restauro da obra, que pertenceu a? colecc?a?o da rainha Carlota Joaquina.

Além do Êxtase de São Francisco, a mostra inclui ainda uma pintura de Luca Giordano pertencente a uma colec?a?o particular espanhola, e outra pintura e dois desenhos do MNAA, atribui?dos ao pintor napolitano.

Pintada cerca de 1665, por Luca Giordano, esta pintura segue o estilo de Jose? de Ribera, que teve grande influe?ncia na pintura napolitana, e representa, na?o só a Descida da Cruz, mas também a representac?a?o dessa imagem, tornada presente pela forc?a da orac?a?o de Sa?o Francisco, um dos aspectos da vida do santo de especial agrado da Reforma Cato?lica. 

A obra integrou a colecção da rainha  D. Carlota Joaquina (mulher de D. João VI) e foi depois adquirida em leilão, em 1848, para a Academia Real de Belas-Artes.

No princípio do século XX, a pintura foi alvo de restauro pelo pintor Luciano Freire (fundador do restauro em Portugal), e agora, pela segunda vez, tendo sofrido um restauro profundo, que pretendeu recuperar “os seus valores picto?ricos essenciais”.

A mostra pode ser vista à terça-feira, das 14h00 às 18h00, e de quarta a domingo, das 10h00 às 18h00.

O acesso à exposição faz-se através da aquisição de bilhete para o Museu.

Texto de Elsa Furtado

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.