Milaneza assinala o Dia Mundial das Massas

dia_mundial_massasCelebra-se hoje, dia 25 de outubro, o Dia Mundial das Massas, data instituída em 1998 pela International Pasta Organization (IPO), entidade que mais tem contribuído para a divulgação da riqueza nutricional das massas e do seu papel na alimentação.

Como já vem sendo hábito, a Milaneza assinala o dia com diversas atividades, tendo este ano a escolha recaído sobre a Fundação de Serralves, no Porto., onde decorre hoje a Festa da Alimentação.

À espera dos mais pequenos estão várias oficinas, entre as quais a Oficina de Massas Coloridas, onde irão aprender a colorir massas com cenouras, espinafres, beterrabas, tomates e chocolate. Do programa faz ainda parte a Oficina Vem conhecer a matéria-prima do trigo, onde será explicado o ciclo do cereal e o seu processo produtivo.

As crianças vão também vestir a pele de nutricionistas na Oficina Comer bem e bem mexer…dá saúde e faz crescer, onde realizarão testes, jogos e ficarão a saber tudo sobre o Índice de Massa Corporal.

A dinamizar as atividades estará a Rádio Festa das Massas, onde os repórteres de palmo e meio poderão dar notícias sobre o evento e realizar entrevistas, sob a orientação de um jornalista. Jogos tradicionais rematam este dia animado, todos metendo massas pelo meio.

Os portugueses são considerados grandes apreciadores de massa, estando entre os seus 20 principais consumidores, com 6,6 quilos per capita anuais. A consciência da importância deste alimento e do seu papel na dieta mediterrânica é também cada vez maior.

Segundo Nuno Borges, nutricionista e professor na Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, está comprovado cientificamente que os benefícios das massas para a saúde ultrapassam os modernos padrões alimentares ocidentais as dietas com maior sucesso na redução do peso são as que mantêm o equilíbrio entre os três principais macronutrientes, onde se incluem os carboidratos. Duvida-se, aliás, que as dietas muito pobres em hidratos de carbono sejam seguras a longo prazo”.

Texto de Alexandra Gil

 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.