Maria João Pires Abre Ciclo De Transmissões Gulbenkian Música

A partir do próximo dia 12 de fevereiro, a Gulbenkian Música irá transmitir nas plataformas digitais da Fundação, uma série de cinco concertos realizados recentemente no Grande Auditório.

Os espetáculos serão transmitidos, às terças e sextas-feiras, às 19h00, nas páginas de Facebook da Gulbenkian Música e da Fundação Gulbenkian, assim como no canal YouTube da Fundação.

No dia 12 de fevereiro, é transmitido o concerto que Maria João Pires deu em dezembro último, no Grande Auditório, com a Orquestra Gulbenkian dirigida por Lorenzo Viotti. A pianista interpretou, na altura, o Concerto n.º 20, para piano e orquestra de Mozart, numa apresentação “inesquecível”, afirma a Gulbenkian.

Além de Maria João Pires, do Coro e da Orquestra Gulbenkian, e do seu maestro titular, Lorenzo Viotti, esta programação conta também com a soprano Carla Caramujo, o trompetista Carlos Leite e os regentes Hannu Lintu e Mihhail Gerts.

A programação online da Gulbenkian prossegue no dia 16 de fevereiro, com a Sinfonia n.º 3, de Brahms, pela Orquestra Gulbenkian, dirigida pelo maestro Mihhail Gerts

No dia 19 de fevereiro será disponibilizado o monodrama Cartas Portuguesas, do compositor brasileiro João Guilherme Ripper, encenado por Jorge Takla, sob a direcção do maestro Hannu Lintu, com a soprano Carla Caramujo, e o Coro e a Orquestra Gulbenkian.

No dia 23 de fevereiro, o programa regressa ao maestro Lorenzo Viotti, agora na direção da 9.ª Sinfonia de Dimitri Chostakovich, uma obra “inspirada no classicismo vienense, mas à qual o compositor russo decidiu dar uma outra expressão”.

As propostas da Gulbenkian para Fevereiro terminam no dia 26, de novo com o maestro Mihhail Gerts, para a interpretação do Concerto para Trompete e orquestra, de Joseph Haydn, tendo como solista Carlos Leite. 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.