Maria de Lurdes Poças foi a vencedora do 1º prémio Retratar um Livro promovido pela Fundação José Saramago

maria_lurdes_pocasMaria de Lurdes Poças foi a vencedora da 2ª edição do prémio de Fotografia Retratar um Livro, promovido pela Fundação José Saramago, com o trabalho Impressão Estranha.

O Ano da Morte de Ricardo Reis, de José Saramago, foi a temática proposta aos concorrentes, que depois foi avaliada pelos membros do júri, composto por António Mega Ferreira, Jorge Vaz de Carvalho e João Francisco Vilhena, que se reuniram no dia 9 de abril, e dedidiram atribuir o 1.º Prémio a Maria de Lurdes Poças, uma jurista da Função Pública de Viseu.

Para Maria de Lurdes Poças a passagem do livro que a inspirou na imagem agora premiada foi esta: Fernando Pessoa levantou-se do sofá, passeou um pouco pela saleta, no quarto parou diante do espelho, depois voltou, É uma impressão estranha, esta de me olhar num espelho e não me ver nele, Não se vê, Não, não me vejo, sei que estou a olhar-me, mas não me vejo, No entanto, tem sombra, É só o que tenho.

O 2.º Prémio foi atribuído a Pedro Teixeira Neves (Jornalista – Alto de Algés, Oeiras), com o trabalho A Vida Que Há em Si, inspirado na citação: … então Ricardo Reis diz, Vou beijá-la, ela não respondeu, num gesto lento segurou o cotovelo esquerdo com a mão direita, que significado poderá ter o movimento, um protesto, um pedido de trégua, uma rendição, o braço assim cruzado por diante do corpo é uma barreira, talvez, uma recusa, Ricardo Reis avançou um passo, ela não se mexeu, outro passo, quase lhe toca, então Marcenda solta o cotovelo, deixa cair a mão direita, sente-a morta como a outra está, a vida que há em si divide-se entre o coração violento e os joelhos trémulos“.

Por fim, Fábio Roque (fotógrafo freelancer – São João das Lampas, Sintra) foi quem recebeu o o 3.º lugar, pela fotografia com o título Mensagem, inspirado em: “… por baixo da porta apareceu um papel dobrado, branco, avançava muito devagar, depois com um movimento brusco foi projectado para diante.

 Texto de Sandra Dias

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.