MAAT Celebra Terceiro Aniversário Este Fim De Semana

No dia 5 de outubro, o Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT) comemora o seu terceiro aniversário, e para assinalar a data, o museu estará de portas abertas, oferecendo aos visitantes três dias de uma programação especial, com um open weekend.

Entre os dias 4 e 6 de outubro será possível conhecer gratuitamente as novas exposições e participar em visitas guiadas e oficinas para crianças. No dia 4 de outubro, sexta-feira, a celebração arranca com um concerto de Legendary Tigerman (One Band Man), às 19h00 na Sala dos Geradores. Os bilhetes podem ser levantados nas bilheteiras do museu, entre as 17h00 e as 19h00, num máximo de 4 bilhetes por pessoa, sendo que a sala é limitada a 250 pessoas.

Ainda no dia 4 o MAAT recebe quatro novas exposições para poder visitar gratuitamente ao longo dos dias de festa. A artista Angela Bulloch concebeu uma instalação para a Galeria Oval do museu – Anima Vectorias. Um projeto que compreende trabalhos de vídeo com animações 3D e dispositivos de realidade virtual. A exposição, com curadoria de Inês Grosso e João Ribas, pode ser vista até 20 de abril de 2020.

A propósito da Trienal de Arquitetura de Lisboa, o MAAT recebe a exposição Economia de Meios (até 13 de janeiro de 2020), que propõe uma tipologia das formas pelas quais a economia de meios se exerceu até agora, e questiona as formas através das quais ela se poderia exercer hoje.

João Pedro Vale e Nuno Alexandre Ferreira pensaram Ama como a Estrada Começa (até 20 de Abril de 2020) para a Project Room, uma reflexão sobre espaços de controlo e dissidência dos corpos. Dreamers Never Learn de Vasco Barata transforma o espaço expositivo numa instalação em que os visitantes são imersos num ambiente urbano semi-abandonado (até 27 de janeiro de 2020).

Sábado, dia 5 de outubro traz várias atividades para toda a família, com destaque para uma Oficina de Carrinhos Solares (às 11h30) ou uma visita guiada pela Central Tejo (às 15h00). Entre as 16h00 e as 18h00, acontece o Arquitetura em Curtas, um festival de Curtas-Metragens sobre Arquitetura. No final do dia, The Legendary Tigerman volta a subir ao palco (às 19h00), mas desta vez com How To Become Nothing, a versão cine-concerto do filme Fade into Nothing realizado por Pedro Maia, com textos e narração de Paulo Furtado, o próprio The Legendary Tigerman. O serão traz ainda um lançamento de um livro e vinil relacionados com o projeto e uma conversa com Paulo Furtado, Rita Lino (responsável pela fotografia no filme Fade into Nothing) e José Pedro Cortes.

No domingo, dia 6 de outubro, seguem-se mais oficinas para as crianças e jovens e novas visitas guiadas.

Pelas 16h00, há uma performance de Isabel Costa desenvolvida em residência artística na Companhia Olga Roriz, intitulada Performance Salão para o Século XXI. Às 17h00, o já célebre Out Jazz fixa residência nos jardins do MAAT para uma tarde de boa música, relaxe e animação junto ao Tejo.

Neste Open Weekend, o museu estará aberto dia 4, sexta-feira, e dia 5, sábado, até às 21h00; e dia 6, domingo, até às 19h00. As entradas são gratuitas ao longo dos três dias, sendo que para as atividades terá de se inscrever, no próprio dia, por ordem de chegada (visitar.maat@edp.pt).

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.