Lisbon Week dá música à capital em Setembro

lisbon_week_músicaDo jazz à música clássica passando pelo funk e o swing, muitos vão ser os sons presentes na 2ª edição do Lisbon Week, que este ano vai recuperar a boémia vivida em outros tempos na Rua das Portas de Santo Antão.

O cartaz musical arranca a 25 de setembro com as sonoridades clássicas da Orquestra Metropolitana de Lisboa. A Suite Pulcinella de Stravinsky e a obra de Aaron Copland para clarinete e orquestra são as propostas do concerto dirigido por Cesário Costa agendado para as 21h30 na Sociedade de Geografia de Lisboa.

Já dia 26, o Teatro Thalia recebe às 22h00 João Barradas e Jonas Runa, que aliam o acordeão aos sons eletrónicos num desafio lançado pelo programador musical do Lisbon Week, Carlos Martins.

Filho da Mãe, projeto a solo de Rui Carvalho, toma de assalto o Palácio da Independência, no dia 27, às 19h00. O músico dos If Lucy Fell propõe “um rock nervoso e um classicismo pouco convencional” com a sua guitarra, estando prometida a estreia de alguns dos temas do próximo álbum agendado para o final do ano.

O jazz também marca presença na Lisbon Week com três concertos que decorrem entre 16 e 28 de setembro no Hot Clube de Portugal. Em palco estará o Ricardo Toscano “Young Lions”, quarteto compostos por alguns dos mais promissores instrumentistas nacionais. São eles Ricardo Toscano (saxofone alto), João Pedro Coelho (piano), Romeu Tristão (contrabaixo) e João Pereira(bateria). Os espetáculos incluirão standards do jazz moderno de compositores como Wayne Shorter ou Miles Davis e ainda temas de hard-bop e alguns originais. Os concertos têm sempre início às 21h30.

O evento despede-se em grande estilo, num local a revelar apenas alguns dias antes, com a Lisbon Week Party. A noite temática versa a boémia das Portas de Santo Antão, incluindo a atuação dos DJs Vítor Belanciano e FAT&SLIM e ainda um concerto da Big Band da Nazaré.

O Lounge do Lisbon Week, no Largo de São Domingos, e a Estação dos Petiscos, no Cais do Sodré, terão DJs todos os dias, a acompanhar o pôr do sol.

Os bilhetes para os eventos musicais podem ser comprados através do 1820 e nos locais habituais, à excepção dos destinados à sala do Hot Clube de Portugal, que terão ser comprados no próprio dia do concerto.

Texto de Alexandra Gil

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.