Lisboa recebe pela primeira vez a Noite de Literatura Europeia

noiteliteraturaeuropeiaNo dia 24 de maio de 2013 realiza-se em Lisboa, a Noite de Literatura Europeia. A iniciativa começou em Praga em 2008, e visa divulgar a literatura europeia de um modo criativo e num formato invulgar.

A primeira realização em Lisboa resulta de uma colaboração conjunta dos institutos culturais que integram a rede EUNIC Portuga (British Council, Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, Goethe-Institut, Institut Français du Portugal, Instituto Cervantes, Instituto Cultural Romeno, Instituto Ibero-Americano da Finlândia e Instituto Italiano de Cultura). Oito locais emblemáticos entre o Chiado e o Rato dão a conhecer obras de oito escritores europeus contemporâneos.

O itinerário proposto pela organização para esta primeira Noite de Literatura Europeia em Lisboa engloba oito paragens literárias, onde será possível assistir a leituras de obras de oito escritores de renome que marcam a atualidade da literatura europeia. As leituras terão lugar entre as 18h30 e as 22h30 e contam, na sua maioria, com a presença dos respetivos autores. Os textos serão lidos em língua original pelos autores presentes e na tradução em português por atores profissionais e alunos da Escola Superior de Teatro e Cinema (ESTC).

Todas as sessões têm entrada gratuita e uma duração de 15 minutos, repetindo-se cada meia hora para que o público tenha oportunidade de visitar os outros locais do percurso literário delineado para esta noite.

Itália estará representada por Massimo Gramellini  no Museu Mãe d’Agua das Amoreiras a convite do Instituto Italiano de Cultura. Portugal, por sua vez, estará representado pelo escritor, ilustrador e músico Afonso Cruz e terá lugar na Galeria Zé dos Bois.

A Alemanha e o Goethe-Institut elegeu Wolfgang Herrndorf e as leituras serão feitas pelo a bordo do eléctrico nº 28, entre o Largo Camões e o Jardim da Estrela. Já o Museu da Farmácia será palco das leituras de Carme Riera  a convite do Instituto Cervantes, em representação da literatura de Espanha.

O Institut Français du Portugal e França convidaram Mathias Énard para estar presente no Convento dos Cardais. Rosa Liksom foi a autora escolhida pelo Instituto Ibero-Americano da Finlândia e o local de encontro será no Quartel do Carmo.

O Centro Nacional de Cultura acolhe as leituras de Keith Ridgway  autor irlandês escolhido pelo British Council e Inglaterra e o Instituto Cultural Romeno elegeu o Orpheu Caffé como cenário das leituras de poemas de Lucian Vasilescu.

Texto de Sandra Dias

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.