Lince ibérico em Foco num Documentário do National Geographic Channel

O lince-ibérico estará em foco no quarto documentário gravado em alta definição e produzido para o National Geographic Channel Portugal (NGCP). Em Portugal: A Última Esperança do Lince Ibérico é o nome do programa, que se estreia a 3 de Outubro (21h30), inserido na estratégia de localização de conteúdos levada a cabo pela Fox International Channels Portugal, distribuidora da NGCP.

A equipa de produção apostou numa história de 30 minutos, em que se destaca o empenho de uma equipa de especialistas portugueses e espanhóis, que dedica os seus esfoços e conhecimentos à salvação daquela que é a espécie de felídeo mais ameaçada do planeta e que estava, originalmente, confinado apenas à Península Ibérica, tendo desaparecido de Portugal na década de 90.

No documentário, os espectadores podem seguir o nascimento de crias em Espanha (no Parque Natural de Doñana), a sua preparação e o seu transporte para Portugal (Silves), depois de construído o primeiro centro de reprodução em cativeiro (processo que o documentário também revela).

Com filmagens que insistem no grande-plano e em música que dá um tom de suspense, o programa pretende captar a opinião pública para uma questão considerada “urgente”.

Em Portugal: A última Esperança do Lince Ibérico é um documentário que parte da preocupação com a ameaça de extinção da espécie Lynx pardinus, mas cinge-se à estratégia de reprodução ex-situ – segundo Rodrigo Serra, director do centro nacional de Silves, não são conhecidas comunidades de linces a viver no seu habitat natural em Portugal.

“Poderemos estar a dar passos favoráveis (à reintrodução do lince-ibérico)”, disse aos jornalistas e convidados presentes aquando a apresentação pública do programa, o secretário de estado do Ambiente, Humberto Rosa, lembrando que a águia imperial, outra espécie em vias de extinção, voltou a nidificar no país. Aliás, de acordo com as estimativas dos especialistas, o lince poderá voltar ao seu ambiente natural em 2013.

As filmagens deste documentário duraram cerca de ano e meio, entre Outubro de 2008 e 17 de Março 2010, nos centros da rede ibérica de reprodução em cativeiro – de El Acebuche e de La Olivilla, ambos na Andaluzia (Espanha), e no Centro Nacional de Reprodução do Lince Ibérico, em Silves (Portugal) –, bem como nos laboratórios clínicos da Faculdade de Veterinária da Universidade Vetsuisse de Zurique.

O programa contou também com a colaboração de Astrid Vargas, na altura directora do «Programa Ex-situ do Lince-Ibérico»; Hans Lutz (um dos maiores especialistas mundiais em felinos) e Marina Meli, ambos da Faculdade de Veterinária da Universidade Vetsuisse de Zurique; e de Rodrigo Serra, director do CNRLI.

O público poderá assistir a este documentário no dia 3 de Outubro, às 21h30, ou acompanhar as repetições, já que o programa será exibido ainda no mesmo dia, às 00h25, dia 4 de Outubro, às 9h20, 14h25 e 19h05, no dia 9 de Outubro, às 18h10, e também nos dias 1, 9, 14, 15 e 20 de Novembro.

Por Cristina Alves
Fotos de Ricardo Faria Paulino gentilmente cedidas pelo National Geographic Channel Portugal

Deixar uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.