LEFFEST Regressa A Lisboa E Sintra Em Novembro

A 13ª edição do Lisbon & Sintra Film Festival (LEFFEST) está de regresso a Lisboa e Sintra, de 15 a 24 de novembro.

São doze os filmes que vão competir nesta edição do festival, sendo avaliados por um júri que integra a pianista Maria João Pires, a cantora e compositora Yasmine Hamdan, o ator Wagner Moura, a atriz Victoria Guerra, entre outros a anunciar.

A competição – onde serão apresentados títulos como Atlantis, de Valentyn Vasyanovych, Happy Birthday, de Cédric Kahn, Patrick, de Gonçalo Waddington, ou The Wild Goose Laque, de Yi’nan Diao – visa “descobrir filmes de grande qualidade de jovens realizadores de todas as partes do globo”, refere a organização.

Fora de competição, e com antestreias marcadas, estão atualmente 14 filmes, como Hidden Life, de Terrence Malick ou The Lighthouse, de Robert Eggers. Esta seleção de filmes pretende proporcionar “um olhar abrangente sobre a produção cinematográfica mundial, dando-lhe a possibilidade de conhecer em antestreia nacional os filmes mais esperados da próxima temporada”.

O júri será composto por Maria João Pires, Yasmine Hamdan, Wagner Moura e Vitória Guerra.

Fora de competição, e com antestreias marcadas, estão atualmente 14 filmes, como “Hidden Life”, de Terrence Malick ou “The Lighthouse”, de Robert Eggers.

O festival contará ainda com as presenças de figuras do setor cinematográfico, como o realizador alemão Wim Wenders, o ator norte-americano Willem Dafoe, a compositora e realizadora Laurie Anderson, o cineasta norte-americano Abel Ferrara.

José Miguel Ribeiro, Rita Azevedo Gomes, Christian Petzold, Corneliu Porumboiu, Alice Rohrwacher e Damien Manivel serão as personalidades a serem alvo de homenagens e retrospetivas este ano.

O cartaz desta edição do LEFFEST é uma homenagem aos 25 anos do filme Viagem a Lisboa – Lisbon Story, de Wim Wenders – um dos destaques da programação – e que será exibido em 4K, uma nova cópia digital restaurada, apresentada pela primeira vez pelo realizador, que figura entre os convidados desta edição.

Nesta edição o espaço para o debate será alargado com a realização de mesas redondas onde, sob o simpósio internacional “Resistências”, serão debatidos alguns dos temas mais controversos da atualidade: a justiça climática, a igualdade social, a migração, a corrupção, entre outras reivindicações. Entre os oradores confirmados contam-se Maxime Nicolle, representante do movimento Coletes Amarelos, o ator e filósofo Mehdi Belhaj Kacem, Luigi de Magistris, presidente da Câmara de Nápoles (Itália) e o ativista dos direitos humanos e cofundador do movimento Boycott, Divestment and Sanctions (BDS) Omar Barghouti.

No que diz respeito às sessões especiais, além das obras de Wim Wenders, será exibido A Casa na Praça Trubnaia de Boris Barnet, com acompanhamento musical ao vivo pelos Mão Morta. O grupo musical apresentará Mutantes S.21 – 25 Anos Depois, documentário de João de Sá sobre a banda. Wagner Moura estará presente para a exibição do seu filme, Marighella, e para discutir o contexto da sua distribuição.

No dia 17 de novembro, o grande auditório do Centro Cultural Olga Cadaval é palco para o concerto da pianista Maria João Pires, às 19h00; e no mesmo dia, o auditório Acácio Barreiros acolhe os Mão Morta para duas sessões especiais, às 17h00, com o Filme-Concerto: A Casa na Praça Trubnaia, de Boris Barnet, e às 19h30, com o espetáculo Mutantes S.21, de João Sá.

Também serão realizadas apresentações de alguns filmes, por parte dos seus autores ou representes, para que estes possam explicar a história “por de trás” de cada obra, responderem a questões e conversarem com o público.

O festival contará ainda com presenças emblemáticas de figuras do setor cinematográfico, como o realizador alemão Wim Wenders, o ator norte-americano Willem Dafoe, a compositora e realizadora Laurie Anderson e o cineasta norte-americano Abel Ferrara.

No Serviço Educativo, uma secção paralela do Lisbon & Sintra Film Festival, especialmente dedicada à comunidade escolar e público sénior, destacamos um programa com filmes de José Miguel Ribeiro, assim como a exibição dos filmes Linhas Tortas e Ruth, de Rita Nunes e António Pinhão Botelho, respetivamente.

Sintra e Lisboa vão dividir o palco deste festival, com exibições no Centro Cultural Olga Cadaval, Palácio Nacional de Queluz, Espaço Nimas, Teatro Tivoli e Universidade Lusófona.

O preço dos bilhetes varia entre os 2 e os 7 euros e podem ser adquiridos nos locais.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.