LEFFEST Em Sintra E Lisboa Até 22 Novembro

A 14ª edição do LEFFEST –  Lisbon & Sintra Film Festival está de regresso e irá decorrer até dia 22 de novembro, no Cinema Nimas e Teatro Tivoli BBVA, em Lisboa, e no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra.

Esta 14ª edição teve como ponto de partida o filme 2001 – Odisseia no Espaço. Inspirado no imaginário da ficção científica, de que o filme continua a ser o grande paradigma, a programação foi pensada num momento particularmente insólito da história global: um período de incertezas, que veio desafiar tanto do que outrora se tomava por garantido.

Da Seleção Oficial em Competição constam 10 títulos e outros tantos Fora de Competição, entre eles os filmes que receberam o prémio de Melhor Filme nos 3 grandes festivais europeus que tiveram lugar: Berlim, Veneza e San Sebastián, e várias das obras mais aguardadas do ano. Nesta edição o LEFFEST volta a proporcionar oportunidades únicas de ver algumas obras (exclusivamente) em sala.

Peter Handke, distinguido com o prémio Nobel da Literatura em 2019; Frédéric Bonnaud, diretor da Cinemateca Francesa; Gabriel Abrantes, um dos mais importantes jovens cineastas e artistas da atualidade; Neville Wakefield, curador de arte e escritor; e a bailarina, coreógrafa e artista visual, Cecilia Bengolea, compõem o painel do júri desta edição.

O festival presta homenagem também a Paul Thomas Anderson, através de uma retrospetiva integral, a Clément Cogitore e a Wong Kar-Wai. A exibição será feita com cópias restauradas em 4K.

Que perspetiva é que a câmara assume e a quem é que ela pertence? Quem empresta o seu olhar ao espectador que encara a tela de cinema? Será que vemos o que uma das personagens vê? Por vezes. Será que vemos o que o realizador vê – ou aquilo que quer que nós vejamos? Em certa medida, seguramente. O ciclo temático Os Olhares em Confronto, com curadoria de Alexey Artamonov, Denis Ruzaev e Ines Branco López, coloca-nos estas questões, através de um conjunto de filmes que apresentaremos em 7 sessões duplas.

Retomando o tema central desta edição, o início do ano de 2020 “quebrou o nexo do mundo”, como escreveu o filósofo José Gil, quando surgiu algo para o qual vários cientistas e pensadores vinham alertando, mas que não esperavam nem estavam preparados para que acontecesse assim de repente e se espalhasse tão rapidamente pelo mundo inteiro: uma pandemia. Mas, nos sectores das artes e da cultura, os efeitos foram, para muitos, devastadores. Entre a mudança e a continuidade, que mundo nos aguarda agora? O simpósio As Artes e o Público no Mundo Pós-pandemia pretende dialogar e refletir sobre estas questões.

O Lisbon & Sintra Film Festival retoma também a rúbrica CINEMART, além das várias Sessões Especiais que terão lugar ao longo desta edição. No que diz respeito aos Eventos, Salvador Sobral apresentará o programa Noche de Ronda, com um concerto e exibição de dois filmes mexicanos.

De entre os restantes convidados, destacam-se os realizadores Paul Vecchiali e Christian Petzold, a realizadora Mona Fastvold, o actor Jean-Philippe Puymartin, a actriz Lilith Stangenberg, o realizador e ator Mathieu Amalric, Viggo Mortensen (que vai estar presente na apresentação a sua primeira longa-metragem Falling – Um Homem Só, no dia 20, no Teatro Tivoli, às 19h30). 

O segundo simpósio deste ano ganha forma no 25º aniversário da elevação de Sintra a Património Mundial, nos dias 21 e 22 de novembro, no Centro Cultural Olga Cadaval, sob o mote “Património e Sociedade: Princípios, Pensamento e Acção”.

Como reclamar a cidade como um espaço criado e utilizado por quem a habita, ao mesmo tempo que se preserva a história e a cultura de um lugar? Como salvar o espaço público da mercantilização e, simultaneamente, valorizar o património enquanto tal? E como conciliar tudo isto com os direitos de quem nos visita, de modo a evitar comportamentos xenófobos que também já começam a surgir em algumas das cidades vítimas do turismo de massas?

O encerramento do LEFFEST vai decorrer no dia 22 novembro, pelas 16h00, no Centro Cultural Olga Cadaval, e vai estar a cargo da Orquestra Municipal de Sintra – D. Fernando II, que vai apresentar um programa inteiramente dedicado à sétima arte.

O reportório inclui temas como o Adagio para Cordas de Samuel Barber, o Adagietto de Gustav Mahler, obras de Ennio Morricone e de John Williams.

Os bilhetes podem ser adquiridos online e no local.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.