Julio Iglesias a Dobrar na MEO Arena

JulioIglesias
JulioIglesias

Reportagem de Madalena Travisco e Joice Fernandes

O emblemático pavilhão, agora arena de Lisboa, foi o primeiro recinto a acolher o primeiro concerto da 2015 World Tour de Julio Iglesias na noite de 30 de maio.

Cheiinho, como seria de esperar, surpreendeu-se com uma primeira parte a cargo de Julio Iglesias Junior: Filho de Iglesias que Iglesias é. Surgiu das bancadas do sector 5 e percorreu a plateia até ao palco cantando “Valerie” (de Amy Winehouse). Pelo percurso abraçou fãs desconcertadas pelas parecenças no charme de filho e pai. Em oito músicas, Júlio Iglésias Junior mostrou a versatilidade de um madrileno que cresceu em Miami. Trouxe Easy (de Lionel Richie), Have I told you (de Rod Stewart), Home (de Michael Bublé), Every Breath (dos Police) e Mrs. Jones. “Camisa negra” e “Vous les femmes” aproximaram-no definitivamente do pai – com menos uns anitos. Aiiii!

[satellite auto=on caption=off thumbs=on]

 

Quando O Julio Iglesias toma o palco, os aplausos amplificam-se. “Amor Amor” e “Moralito – La gota fria” prendem a atenção no Homem que saúda Portugal e se diz feliz de cá estar novamente. Em Portugal começou a cantar há 44 anos, recorda. Recorda também o pai que nasceu a 290 km deste local, e que por ter o galego como língua paterna, aprendeu a falar português. Acha o povo ibérico igual: “Nós somos como vocês e vocês são como nós”. Também versátil e consistentemente charmoso na pose e nas canções, percorreu êxitos como “Mammy Blue”, “Un canto a Galicia”, “Caruso”, “Me siento de aqui”, “Manuela”, “La Carretera”, “Dos amigos”, “Abrazame”, “Hey”, “Me olvide de vivir”, “Mal Acostumbrado” ou “Me va me va”. O tango também esteve presente em “La Cumparsita” e “Media Luz” adicionando toques de sedução ao espetáculo . Impossível dizer qual o tema mais agraciado ou aplaudido. TODOS foram interpelados por palmas ou gritos de aprovação, incluindo as versões Júlio de “Crazy”, “Careless Whisper”, “All of you”, “Always in my mind”, “Can’t help falling in love”. “

Reconhecendo que a vida lhe deu tantas coisas boas, incluindo os filhos, chamou o homónimo junior para partilhar  “To all the girls (I loved before)” revelando ainda melhor porque é filho de Iglesias, Iglesias é.

 

Nota da Redacção: A redacção do C&H ressalva que do local onde os jornalistas foram colocados na 2ª parte do concerto, não se aperceberam dos problemas que grande parte do público se queixou, para além dos já habituais problemas de som típicos do Pavilhão, abstendo-se por isso de fazer referência aos mesmos.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.