José Cid, 10.000 Anos Depois, ao vivo em Abril

jose_cid_1810.000 Anos Depois Entre Vénus e Marte é apresentado ao vivo, mais de 35 anos após o seu lançamento. Os concertos estão marcados para dia 11 de abril, na Aula Magna, às 22h00 e para dia 12, na Sala do Arquivo da Alfândega do Porto.

 

José Cid apresenta-se numa faceta menos conhecida, ao som de múltiplos sintetizadores e sofisticados arranjos vocais. A sonoridade espacial das suas músicas remete-nos para um imaginário distante, numa dimensão quase apocalíptica.

Editado em 1978, este álbum de rock progressivo inspira-se nas sonoridades inovadoras de então, como Pink Floid ou Genesis. Apesar do fraco sucesso comercial na altura do lançamento, viria a tornar-se mais tarde numa obra de culto aclamada pela crítica nacional e internacional.

Para além da obra 10.000 Anos Depois (…), serão também interpretados temas do seu próximo álbum de rock sinfónico Vozes do Além, a ser gravado em 2015 e 2016, e um tema do seu primeiro trabalho Onde Quando Como e Porque Cantamos Pessoas Vivas.

Os bilhetes já estão à venda nos locais habituais e online, e o preço varia entre os 25 euros e os 30 euros.

Texto de Tiago Gomes
Foto de Joice Fernandes

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.