Joana Vasconcelos apresenta obras em Paris e Tel Aviv

missdior_joana_vasconcelosA artista Joana Vasconcelos aceitou o desafio da Dior, e criou J’Adore Miss Dior, um enorme laço dourado preenchido por milhares de frascos iluminados do famoso perfume J’Adore. Integrada na exposição Miss Dior, comissariada por Hervé Mikaeloff, a peça pode ser apreciada no Grand Palais, na Galerie Courbe em Paris entre 13 e 25 de novembro.

Esta mostra abrange trabalhos de quinze mulheres artistas de várias nacionalidades, todas com obras inspiradas no universo Miss Dior. Joana Vasconcelos inspirou-se no famoso vestido Concerto (1957), cujo busto nos remete para um sumptuoso laço vermelho.

lusitaniaLusitana, obra integrada na série Valquírias, é o nome da intervenção concebida por Joana Vasconcelos para os trinta metros de altura do Lightfall, espaço interior do Museu de Arte de Tel Aviv (TAMA), estando presente na sua exposição individual neste museu até 26 de abril do próximo ano.

Lusitana gravita suspensa, em clara harmonia com a desafiante arquitectura que a recebe. Tentacular, a obra lança a partir do corpo central diversos braços que alcançam os diferentes níveis do edifício. A explosão de cor e texturas variadas, patente em Lusitana, oferece um feliz contraponto ao ambiente asséptico do Lightfall, agora invadido por um espectacular fluxo de cor que acompanha a cascata de luz característica do espaço.

Texto de Joana Resende

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.