IndieLisboa Já Arrancou Com Secção Dedicada aos Realizadores

indielisboa2015Director’s Cut, a secção sobre e para o cinema do IndieLisboa, arrancou ontem, primeiro dia do festival, na companhia de Jacques Tourner e Kim Longinotto. Numa edição onde serão revisitados os universos de cineastas como Manoel de Oliveira, Joaquim Pinto e Nuno Leonel, Rainer Werner Fassbinder e Ulrich Seidl, mas ainda o culto dos teen movies dos anos 1980 ou o cinema de série Z oriundo da Turquia.

Como vem sendo hábito, esta vertente do Indie desdobrar-se-á num Director’s Cut em Contexto. O programa, organizado em colaboração com a Cinemateca Portuguesa, apresenta assim filmes dos autores abordados.

 

cinematecaNa edição 2015, podemos contar com Asphalt, de Joe May, The Bitter Tears of Petra Von Kant, de Rainer Werner Fassbinder, O Estranho Caso de Angélica, de Manoel de Oliveira e Sixteen Candles, de John Hughes.

O IndieLisboa 2015 decorre até 3 de maio no Cinema São Jorge, Culturgest, Cinemateca – Museu do Cinema e Cinema Ideal.

Texto de Alexandra Gil
Foto da Cinemateca de Elsa Furtado

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.