Hoje celebra-se o Dia Mundial da Música, veja aqui algumas das atividades previstas

dia_musicaCelebra-se hoje, 1 de outubro, o Dia Mundial da Música. A data, assinalada um pouco por todo o mundo, foi instituída em 1975 pelo International Music Council, da UNESCO e pretende promover a arte musical em todos os setores da sociedade bem como aplicar os ideais da organização, entre os quais a paz, a amizade, a evolução das culturas e a troca de experiências.

Junte-se à festa com as sugestões que o C&H selecionou para este dia especial.

No Porto:

Se está na Invicta, o C&H sugere uma visita ao Sea Life para assistir a um concerto a cargo dos membros da Escola Profissional de Música de Espinho, que decorre no dia 1, entre as 10h00 e as 13h00. Desta vez, o tradicional maestro é substituído pelo tubarão-viola, espécie que se assemelha uma raia e a um tubarão, e que irá conduzir executantes de violino, violoncelo, saxofone, flauta e marimba.

Na Casa da Música as atividades são várias, quase todas com entrada gratuita. Das 12h00 às 22h00 é tempo de “Bar Dourado” – uma instalação audiovisual a partir do disco Digitópia Collective.

Às 18h00 é o lançamento do livro Histórias Improváveis no Mundo da Música, da autoria de Jorge Basílio e com instruções de Sofia linhares, complementado com a atuação do Quinteto de Metais. Às 21h00, na Sala Suggia, é hora de concerto com a Orquestra de 100 Flautas e 100 Saxofones.

E finalmente, adiado para dia 4 de outubro devido ao mau tempo, ficou o espetáculo da Bandamóvel, no qual uma trupe de músicos e atores vai percorrer alguns espaços do Porto (Praça da Casa da Música – 10h30, Largo Amor de Perdição – 14h00 e Praça da Batalha – 16h00), surpreendendo com um espetáculo que salta, literalmente, de uma carrinha. realizada em co-produção com a radar 360 associação cultural, “esta intervenção promete semear humor para colher gargalhadas”.

Na Guarda:

Okupa Koncerto é a proposta do Teatro Municipal da cidade para o dia 1 de outubro. A partir das 21h30, dezoito músicos atuarão no Pequeno Auditório e no Sub Palco, seguindo-se o Café Concerto, às 23h00. Jazz, rock, folk ou fado são apenas algumas das sonoridades propostas por estes instrumentistas oriundos da Guarda. O auditório do Museu da Guarda é outro dos locais a ter conta para quem quer celebrar o Dia Mundial da Música. A programação arranca às 10h00 com O Comboio das Notas, dedicado à iniciação musical, incluindo ainda jogos de ritmo e audição, audições e um concerto com a Orquestra de Guitarras do Conservatório de Música de São José da Guarda.

Em Lisboa

musica_pracasNa Capital, o São Luiz Teatro Municipal evoca o Dia Mundial da Música com dois concertos. As festividades abrem, no Jardim de Inverno, às 18h30, com Palavras que o Vento não Levará. O espetáculo apresentado pela Casa da Achada resulta de um projeto que reuniu amadores, sob a direção de Margarida Guia, desenhando um quadro de sons, instrumentos e vozes faladas e cantadas da cidade. O texto é de Regina Guimarães e a música de João Paulo Esteves da Silva. Já a sala principal recebe, às 21h00, Noiserv para a apresentação do seu novo álbum Almost Visible Orchestra.

As comemorações em Lisboa estendem-se a sábado, 5 de outubro, com a Música nas Praças, iniciativa da EGEAC com programação da Metropolitana. Das 11h00 às 23h00, a zona do Chiado enche-se de sonoridades diversas, que vão da música erudita ao jazz, passando pelos coros e percussões. Já na sua sexta edição, o evento decorre no Largo de São Carlos e nas Ruínas do Carmo, incluindo ainda a Praça Luís de Camões, o Miradouro de Santa Catarina e o Largo do Carmo. Aos concertos com entrada livre juntam-se ateliers no jardim do Museu do Chiado.

A Sul, em Palmela:

A Associação Controversas Ideias e a Câmara Municipal de Palmela convidam-no a assistir ao concerto de Ivo Soares, às 21h30, no Cineteatro S. João. Com entrada livre, o espetáculo servirá de apresentação do EP Movie Stars do finalista do programa televisivo Portugal Tem Talento.

Por Alexandra Gil

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.