Gravura de Alexandre Conefrey em exposição no Museu da Eletricidade

conefreyThe Pit: Dois Abismos – um poço fitando o céu é o nome da primeira exposição de gravura de Alexandre Conefrey. Pode ser vista, a partir de hoje, no Museu da Eletricidade.

A exposição é comissariada por João Pinharanda e explora o confronto do artista com uma cadeia de impossibilidades do mundo interior e exterior, material e espiritual, através do exercício virtuoso e violento sobre as chapas de cobre da gravura, procurando o corpo e a sua superação. O título remete para uma citação do Livro do Desassossego de Bernardo Soares, heterónimo de Fernando Pessoa.

Conefrey, conhecido como desenhador experimenta nesta seleção de trabalhos a técnica da gravura, que tem sido recuperada por vários artistas contemporâneos. Desde sempre a sua obra apresentou uma forte presença de elementos bélicos estetizados de uma forma muito precisa, e por trabalhar com minúcia a aguarela e o guache, por vezes próximos da iluminura.

A exposição The Pit: Dois Abismos – um poço fitando o céu  pode ser vista no Museu da Eletricidade, até ao dia 5 de abril, de terça-feira a domingo das 10h00 às 18h00. A entrada é livre.

Texto de Tânia Fernandes

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.