Gradiva Publicou O Nosso Homem no Estoril

homem_estorilO Nosso Homem no Estoril, é o mais recente thriller lançado pela Gradiva, da autoria do uruguaio A. Travers.

O Nosso Homem no Estoril é um thriller que tem na base a queda de uma avioneta na Quinta da Marinha, em Portugal, um evento que ocorreu dias depois de começar o «levantamento nacional» contra o governo republicano de Madrid. Na avioneta, de volta a Espanha, seguia José Sanjurjo, o general que iria dirigir o «levantamento». A teoria de que não teria sido acidente, mas sim sabotagem, ganhou forma. Decorria o ano de 1936.

Sendo fácil juntar suspeitas ao caso, a dificuldade estava, no entanto, em obter factos e seguir pistas para descobrir a verdade, pois eram vários os interessados em ocultá-la. Em Lisboa, a investigação foi entregue ao inspector Miguel Neves que, sofrendo pressões da PVDE, recebeu instruções para seguir uma «pista comunista». Duvida, curiosidade, interesse em descortinar o que na realidade se passara levaram este inspector a ir mais longe do que alguns desejavam. Com isso, entrou num terreno que lhe era desfavorável.

Neste romance, o autor que não é do campo das letras, mas sim da ciência e da investigação, é microbiólogo, reúne personagens reais e ficcionadas, numa abordagem à situação que se vivia na Península Ibérica, nomeadamente em Portugal.

A Travers (1984), nasceu no Uruguai em 1984, atualmente reside na Alemanha, onde é microbiólogo, tem como atividade principal a investigação, relacionada com várias epidemias que nos últimos anos alarmaram a comunidade internacional. Estreou-se na ficção com um romance intitulado A Invenção da Gripe.

O Nosso Homem no Estoril é o segundo livro da colecção «Entre Crimes», lançada este ano, tem 176 páginas e um preço de venda ao público de 13,50 euros.

Texto de Elsa Furtado

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.