Companhia Nacional de Bailado Apresenta Giselle

giselleNum bailado romântico mais que perfeito, Giselle tem a sua estreia marcada para 29 de abril no Teatro Camões, pela Companhia Nacional de Bailado.

Neste que é o Dia Mundial da Dança, sobem ao palco as emoções de uma época, o Romantismo, em muito representadas pelo indomável, pelo sobrenatural e pelo oculto e ao mesmo tempo por uma luta pela simplicidade e pureza da vida campestre por oposição a uma aristocracia dominante.

Num bailado cheio de emoções fortes, conta-se a história de Giselle.

A estória tem lugar numa pequena aldeia do Reno frente à casa de Giselle em tempo de vindimas. Albrecht, Duque da Silésia, adota o nome de Loys e disfarça-se de aldeão para assim poder cortejar a bela Giselle.
Albrecht sonha com uma vida feliz, livre e emancipada das convenções sociais, sonho que não pode ver realizado junto da sua noiva altiva e nobre Batilde. Entretanto Hilarion, o seu guarda de caça, igualmente apaixonado por Giselle descobre a verdadeira identidade do príncipe e denuncia-o.
Giselle que acaba de descobrir a existência de Batilde, não resiste ao duro choque e enlouquece acabando por morrer.
As Wilis, fantasmas das jovens noivas mortas antes do seu casamento, expulsam qualquer presença masculina no seu reino através do medo. Os homens que se atreverem a enfrentá-las serão forçados por estes espíritos a dançarem até à morte. Apenas a aurora de um novo dia os pode salvar impedindo que este ritual se cumpra.
Giselle é iniciada neste ritual por Mirta, rainha das wilis. A primeira vítima é Hilarion e a segunda será Albrecht. Giselle apela a Mirta para que Albrecht não morra, mas esta mostra-se irredutível.
Albrecht acaba por ser poupado e salvo pelo nascer do dia que dita o recolher das willis às suas campas.
Giselle retorna à sua tumba e lança um último adeus ao seu amado.

Com coreografia de Georges Garcia segundo Jean Coralli, Jules Perrot, Marius Petipa e Théophile Gautier, e música de Adolph Adam interpretada pela Orquestra de Câmara Portuguesa, sob a direção do maestro Pedro Carneiro, Giselle estará no Teatro Camões até ao dia 10 de maio.

Os bilhetes têm preços entre 5 e 25 euros e estão à venda nos locais habituais.

 

Texto de Marta Plácido

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.