Gata Cinderela Venceu A Monstra 2018

O filme Gata Cinderela, dos realizadores italianos Ivan Cappiello, Marino Guarnieri, Alessandro Rak e Dario Sansone foi o vencedor do Grande Prémio Monstra 2018. A cerimónia de encerramento decorreu no passado dia 17 de março, às 21h30, no Cinema S. Jorge, em Lisboa.

Segundo o júri, o filme foi galardoado pela “grande técnica de animação, uma boa adaptação de uma história bem conhecida de um ponto de vista moderno e também pela forte e original culturalidade e pelas grandes personagens.” O filme recebeu também o Prémio de Melhor Banda Sonora na mesma categoria.

Da China, o filme Tem Um Bom Dia, realizado por Liu Jian ganhou o Prémio Especial do Júri e A Ganha-Pão de Nora Twomey arrecadou o Prémio do Público.

O filme A Sonolenta de Marta Monteiro arrecadou o Prémio de Melhor Filme na Competição Portuguesa – Prémio SPAutores / Vasco Granja. Para o júri trata-se de “uma história encantadora que nos atraiu pela sua coerência forte, com uma excelente qualidade de desenho e, genericamente, de realização.”

A Surpresa, de Paulo Patrício recebeu o Prémio do Público nesta competição.

Na competição de curtas-metragens, o filme francês Espaço Negativo, realizado por David Coquart-Dassault recebeu o prémio para Melhor Curta e o Prémio do Público.

Na secção Curtíssimas, dedicada a filmes com menos de dois minutos, os vencedores foram CNN Colorscope Black, do britânico Matt Abbiss para Melhor Curtíssima e Uma Manhã na Feira, realizado por alunos da Escola Superior de Media Artes e Design (Porto) e do 12º ano como Melhor Curtíssima Portuguesa.

Lista dos premiados:

Melhor Banda Sonora
Gata Cinderela/Cinderella The Cat – Ivan Cappiello, Marino Guarnieri, Alessandro Rak, Dario Sansone | Itália, 2017 

Prémio Especial do Júri
Tem um Bom Dia/Have a Nice Day – Liu Jian | China, 2017

Prémio do Público
A Ganha-Pão/The Breadwinner – Nora Twomey | Irlanda, Luxemburgo, Canadá, 2017
 
Competição Portuguesa – Prémio SPAutores | Vasco Granja
Júri: Priit Pärn, Olivier Catherin, João Paulo Cotrim
 
Melhor Curta Portuguesa
A Sonolenta/Sleepy – Marta Monteiro | Portugal, 2017

Menção Honrosa
Água Mole/Drop by Drop – Laura Gonçalves, Alexandra Ramires (Xá) | Portugal, 2017

Prémio do Público
Surpresa/Surprise – Paulo Patrício | Portugal, 2017

Competição de Curtas
Júri: Izabela Plucinska, Kaspar Jancis, Paul Driessen, Péter Vácz, Ricardo Sérgio
 
Grand Prix MONSTRA Curtas
Espaço Negativo/Negative Space – Max Porter & Ru Kuwahata | França, 2017
 
Menções Honrosas
O Ogre/L’ogre – Laurène Braibant | França, 2017
Manivald – Chintis Lundgren | Estónia, Croácia, Canadá, 2017
Avô Morsa/Grandpa Walrus – Lucrèce Andreae | França, 2017
 
Melhor Curta Experimental
Das Gavetas Nascem Sons/The Sounds From the Drawers – Vítor Hugo | Portugal, 2017
 
Melhor Curta Portuguesa
Água Mole/Drop by Drop – Laura Gonçalves, Alexandra Ramires (Xá) | Portugal, 2017
 
Prémio Especial do Júri
Quarta-feira com Goddard/Wednesday with Goddard | Nicolas Ménard | Reino Unido, 2016
 
Prémio do Público
Espaço Negativo/Negative Space – Max Porter & Ru Kuwahata | França, 2017
 
Competição de Estudantes
Júri: Thomas Renoldner, Pedro Vergani, Ricardo Blanco
 
Melhor Curta de Estudantes
Penelope | Heta Jäälinoja – Estónia, Finlândia, 2016
 
Menção Honrosa
Quando Substituí Camille/Quand j’ai remplacé Camille – Nathan Otaño, Rémy Clarke, Leïla Courtillon | França, 2017
 
Melhor Curta de Estudantes Portuguesa
The Voyager – João Gonzalez | Portugal, 2017
 
Prémio do Público
Ama-me, Teme-me/Love me, Fear me – Veronica Solomon | Alemanha, 2017

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.