Gastronomia, Música e Maresia no Restaurante Praia do Tamariz

Restaurante TamarizReportagem de Tânia Fernandes e António Silva
 

Às quintas-feiras, no Restaurante Praia do Tamariz, o jantar combina gastronomia com música. O programa “Música à Beira Mar” tem animado o espaço, convidando os clientes a desfrutar de concertos de música ao vivo, enquanto se deliciam com as iguarias da casa. Uma inspiração mais profunda, antes de pisar o restaurante é ja por si só, uma ação a ponderar. À beira do Atlântico, e totalmente aberto para o mar, permite contemplar o horizonte sem fim. Não será, por isso estranho, que, ao abrir a carta, a escolha recaia sobre os peixes e mariscos.

De sugestão de entrada, podemos deixar as Ameijoas à Bulhão Pato, mas quem preferir os sabores da terra tem à disposição o belíssimo Presunto Pata Negra, cortado à vista de todos. Na noite em visitámos o espaço, com as primeiras garfadas chegou-nos também a voz intensa de Inês Gonçalves. A fadista interpretou vários dos mais conhecidos fados, não se inibindo de pedir a colaboração dos presentes, na sua maioria de nacionalidade estrangeira. A simpatia dos que trabalham nesta casa percebe-se também ao observar as mesas em redor. Não raras vezes, à chegada de uma Dourada ou retirada de um prato de azeitonas, vêm também indicações úteis para quem está de passagem pela localidade e quer conhecer os segredos mais bem guardados, sem falhar os principais pontos de referência.

“Cheira bem, cheira a Lisboa” canta a fadista, mas no nosso prato, os aromas combinam com a vista. Acabados de sair da grelha, os camarões tigre e o robalo grelhado ocupam os pratos e dão-nos também música ao estômago, ao percorrer todas as notas das papilas gustativas. Empratados de forma cuidada, revelam que a mais simples das confeções é suficiente para destacar a nobreza e frescura dos bons alimentos. Outro dos destaques da casa é o Naco na Pedra, cozinhado à frente do cliente.

Não é pela sobremesa que nos perdemos neste restaurante. Mas ninguém o esconde. A maioria dos doces vem de fora e são mais um aconchego para quem gosta de rematar com uma linha de açúcar. Despedimo-nos com o Bolo de Moka e a Tarte de Frutos Silvrestres, antes de voltar a inspirar o ar fresco da maresia e voltar costas ao mar.

O programa “Música à Beira Mar”continua até ao final do mês. Hoje atua Elisabete Braz, numa noite em que predomina o jazz. Dia 23 de outubro é a vez de Telmo Miranda fazer ouvir os grandes clássicos de sempre e no dia 30 de outubro a noite é de ópera, com os grandes clássicos e as canções napolitanas. Pode jantar na sala, ou na esplanada coberta. O restaurante Praia do Tamariz disponibiliza 300 lugares. Os concertos começam às 20h00.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.