Gastronomia em Movimento na 3.ª Edição da Rota das Tapas Estrella Damm

rtapas_08Reportagem de Marta Plácido

Na sua terceira edição em Lisboa, a Rota das Tapas Estrella Damm já dispensa grandes apresentações. O sucesso das edições anteriores vê-se comprovado pela adesão de 27 estabelecimentos nas zonas de Alfama, Bairro Alto e Príncipe Real, por onde se pode tapear até ao dia 8 de junho.

É obter o mapa do percurso, com a localização de cada um dos espaços e com a descrição do petisco que vai encontrar e a partir daí, seguir as sugestões e saborear.

Num percurso diferente e divertido na companhia de amigos, o conceito é mesmo este, degustar e conviver e continuar a degustar e a conviver pelos restaurantes e bares aderentes.
É assim que a Rota das Tapas lança o desafio de participação neste roteiro, ao longo do qual se pode apreciar uma tapa especialmente concebida para ser acompanhada por uma cerveja Estrella Damm.

Pelo preço de 3 euros, tem também direito ao carimbo do passaporte da Rota que, quem sabe, poderá levar a Barcelona, que viu nascer a Damm, e a um jantar no restaurante Tickets, referência de inovação e criatividade no mundo das Tapas, dos conceituados chefs Ferran Adrià e Albert Adrià.

A Rota das Tapas Estrella Damm decorre até ao dia 8 de junho nos seguintes espaços aderentes: Prego da Peixaria, Origami, El Tomate, Cone à Portuguesa, Tapas 52, Tapa Bucho, Beef & Burguer, Petiscos no Bairro, Ginginha do Duque, Panorâmico Sol, Bellalisa Rossio, Bellalisa Elevador, Chiado Terrasse, Gallassa Café, Equador, Remake, Mascote da Atalaia, Tapas 28, Storik, Meson Andaluz, Mercearia Tosca, Velha Gaiteira, Caso Sério, Duetos da Sé, Alfândega, Vinho Sem Princípio e Big Slice Baixa.

Na estreia da iniciativa no Porto, há que passar pela Casa do Carmo, Canelas de Coelho, Tapas Club Louge Bar, Máximo, Trinkas, Baixaria, La Scala, À Parte, Moonshine, Serrote Bar, Bom de Sal, Das Tripas Coração, Oli, Tasquinha dos Sabores, Café Lusitano e Real Feytoria.

Boa Rota!

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.